Energia

EDP faz 40 anos e muda “assinatura”. Veja aqui o novo anúncio

A carregar player...

A campanha, da agência MSTF Partners, foi realizada por Marco Martins, com a produtora Ministério dos Filmes. A compra de meios foi da agência MEC.

EDP lança esta segunda-feira à tarde uma nova campanha institucional, como aliás já vem sendo hábito todos os anos, mas desta vez há uma diferença: uma nova assinatura, criada para celebrar os 40 anos que a empresa celebra em 2016.

Assim, a partir de agora, em vez de se ler e ouvir “EDP: Sinta a sua energia” vai passar a ouvir-se e a ler-se “EDP: Sempre presente. Sempre Futuro”.

“Sempre Presente” porque a empresa está hoje em 14 países e em 11 milhões de lares e de empresas e “Sempre futuro”, devido à aposta nas eólicas e energias renováveis e pioneira na implementação de redes inteligentes, explica a empresa.

É por isso que o spot publicitário da campanha – que se intitula “Sinais de Luz” – mostra “a evolução da vida de um casal desde a infância até ao nascimento do filho, pontuada pela cumplicidade dos códigos de luz”.

Ele estará disponível a partir desta segunda-feira, 2 de maio, apenas nas televisões, e a partir de terça-feira, 3 de maio, em todos os outros meios, nomeadamente, imprensa, rádio, mupis e internet.

A campanha durará quatro semanas e foi desenvolvida pela agência MSTF Partners, realizada por Marco Martins, com a produtora Ministério dos Filmes e a compra de meios ficou a cargo da agência MEC. Veja o making of em baixo.

Além disso, e para potenciar a interação com os consumidores, “os spots publicitários serão reforçados pelo microsite criado no edp.pt. Nesta plataforma, os clientes vão poder saber mais informação sobre os 40 anos EDP e podem ainda testar o poder da luz, enviando mensagens de sinais de luz para outras pessoas via facebook e email”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

EDP faz 40 anos e muda “assinatura”. Veja aqui o novo anúncio