Facebook Camera. Zuckerberg lança concorrente do Instagram

A aplicação já está na App Store
A aplicação já está na App Store

Apesar de ter comprado a Instagram há dois meses, o Facebook lançou uma aplicação concorrente chamada Facebook Camera. Só está disponível para iPhone e, por enquanto, apenas na loja norte-americana da Apple.

Especulava-se sobre uma aplicação deste tipo desde o final de 2011, mas em abril o Facebook surpreendeu o mercado ao comprar a Instagram, a aplicação mais popular de partilha de fotos em telemóveis. A Camera agora lançada não é uma rival directa da sua própria aquisição, mas anda lá perto.

A ideia é oferecer uma experiência fotográfica mais rica no telemóvel, à semelhança do Facebook Messenger – uma aplicação separada da app nativa da rede social, que torna o chat mais fácil de usar e mais fiável.

A interface é um pouco diferente do Instagram e outras aplicações do mesmo tipo. O que aparece é o feed de fotos dos perfis dos amigos no Facebook (mas é possível mudar para a opção de ver apenas o perfil do utilizador).

Este feed permite percorrer as fotos dos amigos com uma simples passagem de dedo, tal como nas fotos do iPhone. É um processo mais rápido.

Em baixo, a aplicação tem uma barra de edição de fotos – cortar, editar e filtrar, à moda do Instagram, salvando logo para o álbum do iPhone.

Outra novidade é que passa a ser possível carregar várias fotos ao mesmo tempo no perfil do Facebook, em vez de arruinar o feed de notícias dos amigos com 10 publicações umas a seguir às outras.

O interessante é que, segundo o próprio Facebook, todas as funções da aplicação foram desenvolvidas pela equipa interna. Isso significa que, quando Zuckerberg comprou a Instagram, esta aplicação já estava praticamente pronta. Ainda assim, o CEO do Facebook comprou a start-up por mil milhões de dólares (795 milhões de euros).

A diferença entre a Facebook Camera e a Instagram é que a primeira é dedicada a tirar e editar fotos, primordialmente para carregar no perfil, e para aceder aos álbuns públicos dos amigos. A segunda serve para tirar fotos com filtros e partilhá-las num feed próprio, com partilhas em várias redes sociais – Tumblr, Twitter, etc.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
REUTERS/Stephen Lam

A ironia de Wall Street: Apple dispara com quebra nas vendas e lucros

Fotografia: Kevin Lamarque/ REUTERS

Economia dos EUA cresce menos do que o esperado no segundo trimestre

Foto: Boom Festival

Boom Festival distinguido pela Rolling Stone

Os lucros da Brisa cresceram.

Lucro da Brisa Concessão Rodoviária aumentou 28%

Unlimited Future, da Nike

Nike. 20 milhões já viram este discurso motivacional. E você?

Fotografia: REUTERS/ Tobias Schwarz

Regras mudam. Emprego científico vai ter novos estímulos

Conteúdo Patrocinado
Facebook Camera. Zuckerberg lança concorrente do Instagram