Facebook compra Oculus Rift por 1,4 mil milhões de euros

Oculus Rift
Oculus Rift por 1,4 mil milhões de euros . A empresa vai desenvolver óculos de realidade virtual, apontados como o futuro dos videojogos."> Oculus Rift

A rede social Facebook anunciou na terça-feira que tinha comprado a Oculus Rift por 1,4 mil milhões de euros . A empresa vai desenvolver óculos de realidade virtual, apontados como o futuro dos videojogos.

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg segue assim a Google na procura de um novo crescimento para além dos smartphones e dos tablets.

Embora sejam os dispositivos da Apple e da Google que dominam atualmente o mercado, os investigadores estão a desenvolver novos gadgets e concentram-se nas experiências mais realistas que a Oculus fornece, afirmou Mark Zuckerberg na sua página do Facebook.

O líder do Facebook afirmou que a “Oculus oferece a oportunidade de criar a plataforma mais social de sempre e de mudar a nossa forma de trabalhar, jogar e comunicar”.

Leia também: Relógios inteligentes? Óculos futuristas? Vai haver aplicações para isso

A rede social pagou cerca de 300 milhões de euros em dinheiro e mais 23,1 milhões de ações pela Oculos. Além disso, o Facebook vai ainda investir mais de 200 milhões de euros adicionais se o lançamento atingir determinadas metas, declarou a empresa em comunicado na terça-feira.

No mês passado, o Facebook comprou uma aplicação de mensagens, o WhatsApp, por mais de 16 mil milhões de dólares e, em 2012, também já tinha comprado o Instagram.

O Facebook espera construir a sua própria plataforma de realidade virtual e quer levar o Oculus para o mercado o mais rapidamente possível. Zuckerberg disse ainda que o Facebook pode ajudar a promover o novo produto tal como aconteceu com o Instagram que, na altura em que foi adquirido, tinha 30 milhões de utilizadores e atualmente tem 200 milhões.

“Há alguns meses , quando Mark e a sua equipa visitaram os nossos escritórios, foi claro que as duas empresas compartilhavam a paixão para a construção de uma nova plataforma de comunicação para mudar o mundo”, afirmou o CEO da Oculus, Brendan Iribe, numa conferência, e acrescentou que o Facebook vai ajudar a Oculus no recrutamento, parcerias, marketing e nas infraestruturas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: direitos reservados

RGPD. Um ano depois, mercado português pede maturidade e legislação

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (C), durante a cerimónia militar do Instituto Pupilos do Exército (IPE), inserido nas comemorações do 108.º aniversário da instituição, em Lisboa, 23 de maio de 2019.  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: “Quem não for votar, depois não venha dizer que se arrepende”

Outros conteúdos GMG
Facebook compra Oculus Rift por 1,4 mil milhões de euros