startups

Findster cresce 650% e já lidera lista dos mais vendidos na Amazon

A equipa da startup portuguesa Findster
A equipa da startup portuguesa Findster

Startup está focada nos Estados Unidos, onde mercado de produtos para animais de estimação não para de crescer

O localizador de animais de estimação da startup portuguesa Findster encontrou o sucesso na maior retalhista online do mundo, Amazon, onde entrou no final do verão de 2018 e já lidera as vendas do segmento. O Findster Duo+ por 149,99 dólares é o produto mais popular na lista de best-sellers “Pet Location & Activity Trackers” da Amazon, com o pack duplo do mesmo localizador a ocupar a segunda posição. É um dado notável tendo em conta que os localizadores concorrentes mais vendidos custam substancialmente menos, entre os 15 e os 59 dólares. André Carvalheira, diretor de operações da empresa portuguesa, explicou ao Dinheiro Vivo que este sucesso é um dos motivos pelos quais a faturação da Findster explodiu no último ano.

“Houve um crescimento de 650% em relação ao ano anterior em faturação”, revelou o responsável. “Este ritmo acelerado de crescimento deve-se sobretudo a duas coisas: termos um produto único e o mercado pet ser enorme e em franco crescimento”, sintetizou.

A Findster acabou por ser a única representante 100% portuguesa na feira de eletrónica de consumo CES, em Las Vegas, tendo chegado a meio do evento para mostrar o Duo+ integrada no espaço da aceleradora Hax. O produto já tinha sido apresentado em Las Vegas no ano passado e não é propriamente novo, mas André Carvalheira garante que “durante este ano” irão ter mais novidades.

A presença na Amazon dá à Findster acesso à loja onde são feitas cerca de metade das compras online em todos os Estados Unidos. O foco continua a ser o mercado norte-americano, já que “as famílias olham cada vez mais para os animais de estimação como parte da família e estão dispostas a investir mais dinheiro na sua segurança e bem-estar.” De acordo com os dados do relatório U.S. Pet Market Outlook, 2018-2019, da consultora Packaged Facts, o mercado de produtos para animais de estimação vale agora 86 mil milhões de dólares, impulsionado pelo “florescimento das vendas online” e “números fortes” em serviços veterinários e comida.

No segmento da localização, a vantagem do Findster é que, apesar do preço ser mais avultado que o de produtos com propostas similares, o produto é “o único pet tracker que permite monitorização em tempo real e não exige o pagamento de mensalidades.” São características distintivas do produto desenvolvido em Braga, uma abordagem que “exigiu o desenvolvimento de uma tecnologia de comunicação proprietária”, garante Carvalheira. A Findster, agora com 16 pessoas, entrou no mercado “mais tarde” que a concorrência mas tem “vantagens claras em relação a todos os outros.” Para o diretor de operações, “os restantes pet trackers não têm uma diferenciação clara.”

Com os bons resultados na Amazon, a startup está a dar prioridade aos países de língua inglesa, “porque a oportunidade também é muito grande.” No entanto, André Carvalheira assim que um dos desafio de 2019 “será começar a olhar de forma mais séria para outros mercados também interessantes.” Numa primeira fase, isso passará por comunicar o produto aos potenciais clientes na sua língua nativa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Imagem de 2016 sobre as filas no atendimento para obter o passe do Metro, esta tarde na estação do Campo Grande em Lisboa. 
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Passe Família já pode ser pedido. Mas prepare-se para a burocracia

Imagem de 2016 sobre as filas no atendimento para obter o passe do Metro, esta tarde na estação do Campo Grande em Lisboa. 
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Passe Família já pode ser pedido. Mas prepare-se para a burocracia

Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

Programa Regressar arranca. Governo dá incentivo até 6500 euros a emigrantes

Outros conteúdos GMG
Findster cresce 650% e já lidera lista dos mais vendidos na Amazon