Ilustração

Carolina Celas. 10 ilustrações da portuguesa seleccionada para Bolonha

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Carolina Celas é um dos dois ilustradores portugueses seleccionado para a ilustração da Feira do Livro Infantil de Bolonha

Carolina Celas e André Letria. São eles os dois ilustradores portugueses selecionados para a exposição de ilustração da Feira do Livro Infantil de Bolonha, o maior evento mundial do livro ilustrado.

Sete livros infantis que vai querer ler com os seus filhos. Leia aqui

Entre 4 e 7 de abril, todos os caminhos vão dar à cidade italiana e ao seu festival que é já uma referência para editores e autores de livros infantis de todo o mundo. A exposição, que este ano conta com os dois portugueses, reúne os trabalhos de mais de sete dezenas de ilustradores de todas as latitudes.

Carolina Celas é portuguesa mas vive e trabalha em Londres. Depois de se licenciar em Dedign, pela universidade de Aveiro (2008), seguiu para Espanha onde, em 2010, compleotou uma pós-graduação em ilustração na Eina Barcelona. Passou pela Lowe Activism e pela Media Vaca.

André Letria

André Letria é autor de vários livros para a infância e fundador da editora Pato Lógico. As lides de Bolonha não lhe são estranhas e já ali ganhou, em 2014, uma menção especial com o seu livro “Mar”, escrito por Ricardo Henriques. (Bologna Ragazzi Awards, na categoria Não Ficção)

Veja aqui a galeria de ilustrações de André Letria

Dois anos antes, em 2012, também na Feira de Bolonha, fez parte do júri que elegeu o vencedor do Bologna Ragazzi Digital Award, prémio entregue pela primeira vez nesse ano e que distingue um trabalho na categoria Children’s Stories Apps.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 04 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Governo vê economia a crescer 4,3% em 2021 e desemprego nos 8,7%

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, durante a conferência de imprensa após a reunião extraordinária da Comissão Permanente de Concertação Social por video-chamada, no Ministério da Economia, em Lisboa, 16 de março de 2020. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Segunda fase do lay-off custa mais de 700 milhões de euros

Jorge Rocha de Matos, presidente da Fundação AIP. Foto: direitos reservados

Rocha de Matos: IVA devia ser de 6% em todos os eventos para ajudar o turismo

Carolina Celas. 10 ilustrações da portuguesa seleccionada para Bolonha