Apple

iPhone 8: todas as novidades da Apple em direto

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O evento de lançamento acontece em Cupertino e começa às 18h00 de Lisboa,

19:53 – “Penso que o Steve ficaria muito orgulhoso”, diz Cook, ao fechar o evento.

19:50 – O iPhone X vai custar 999 dólares e chega às lojas a 3 de outubro. As pré-reservas começam a 27 de outubro. “O iPhone X é realmente o futuro”, diz Tim Cook, antes de lançar o primeiro anúncio oficial do smartphone.

19:43 – A Apple está a trabalhar num “tapete” que permite carregar a bateria de vários dos seus produtos ao mesmo tempo. Chama-se AirPower e vai sair no próximo ano. “O iPhone X é o futuro dos smartphones.” Aparece um vídeo promocional com a voz de Jony Ive, como habitual.

19:39 – Schiller fala da câmara dual traseira no iPhone X, com estabilização dual e Quad LED True-Tone flash. A câmara frontal passa a suportar o modo Depth effect, o que permitirá tirar selfies de melhor qualidade.

19:32 – Craig Federighi entra e diz que a Apple sonhava com o iPhone X há muito tempo. Vai fazer algumas demonstrações. O ecrã ponta a ponta deste smartphone e a qualidade super retina têm muito bom aspeto no ecrã gigante do Steve Jobs Theater. A demo com os Animojis é muito interessante, e Tim Cook aproveita para fazer uma piada.

Para aceder ao centro de controlo, desliza-se o dedo do canto superior direito para baixo (este centro acedia-se até agora de baixo para cima, gesto que agora substitui o botão Home).

19:31 – Confirmado: Animoji. São emojis animados que se controlam com a nossa própria cara e emulam as nossas expressões faciais. São usados dentro das mensagens da Apple, iMessages. “O iPhone X está recheado de tecnologias inovadoras.”

19:26 – O reconhecimento facial é feito através de um motor neural integrado no A11 Bionic, diz Schiller, um sistema de processamento em tempo real, que reconhece a cara do utilizador independentemente do estilo e cor do cabelo, óculos ou luminosidade. Só desbloqueia o telefone se o utilizador estiver a olhar para ele. O processamento é feito dentro do iPhone, não é enviado para a nuvem. É mais seguro que a impressão digital, embora Schiller ressalve que nenhum sistema é 100% perfeito. O Face ID funciona com o Apple Pay, para fazer pagamentos com a cara, e terá suporte para aplicações de terceiros.

19:19 – Confirmado: iPhone X (dito iPhone Ten). “É o maior salto em frente desde o iPhone original.” Phil regressa e mostra que tem um ecrã “super retina”, com 5,8 polegadas – o ecrã ocupa toda a superfície frontal do telefone. Dolby Vision, resolução 2438×1125. Para ligar o aparelho basta tocar no ecrã. Como já não há botão físico, entra-se no “Home” fazendo swipe de baixo para cima. Para desbloquear, basta olhar para o telefone e ele reconhecerá a cara do utilizador. A funcionalidade chama-se Face ID. “Foi precisa alguma da tecnologia mais avançada que alguma vez criámos.” Tem uma câmara de infravermelhos e um projetor DOT para o efeito.

19:17 – Aparecem as icónicas palavras “One more thing…” no ecrã. Tim Cook vai agora apresentar o iPhone super premium, que vai “ditar o tom da tecnologia para a próxima década.”

19:16 – O iPhone 8 vai ter 64GB ou 256GB e o preço é de 699 dólares. O 8 Plus terá as mesmas configurações e os preços começam nos 799 dólares.

19:14 – Novidades relativas ao wireless – o iPhone 8 e 8 Plus terá a capacidade de carregar a bateria sem fios, usando o padrão de carregamento Qi. A Belkin é uma das empresas de acessórios que irá vender carregadores sem fios para os dispositivos.

19:10 – O A11 Bionic foi desenhado para dar suporte às funcionalidades de realidade aumentada, com câmaras calibradas para AR, novos sensores e giroscópios. São feitas demos em palco. Por exemplo, a aplicação Sky Guide permitirá ver as constelações apontando a câmara para o céu.

19:02 – A câmara dual de 12 megapixeis tem dois novos sensores e a funcionalidade “Portrait Lighting”, que ajuda a compôr a luminosidade no formato retrato. Em termos de vídeo, é possível filmar câmara lenta a 1080p/240 fps. “O iPhone tem a captura de vídeo de maior qualidade de sempre num smartphone.” Curiosidade: a primeira imagem usada por Phil Schiller para mostrar a qualidade das fotos é da Ponte 25 de Abril. Lisboa voltou a aparecer depois com uma foto no Bairro Alto.

18:57: Está aí o iPhone 8 e o iPhone 8 Plus. “Isto é um tremendo passo em frente para o iPhone.” Phil Schiller entra para explicar as novidades. O design é novo, refere. É feito de alumínio e tem o vidro mais durável de sempre num smartphone. Os tamanhos de ecrã são 4,7 e 5,5 polegadas, como os anteriores. O processador é novo: chama-se A11 Bionic e é “o chip mais poderoso e inteligente num smartphone.”

18:54 – Chegou a hora do iPhone. “Nenhum outro aparelho teve o impacto no mundo que o iPhone tem. Nada se tornou tão essencial e pôs tanto poder nas mãos das pessoas quanto o iPhone”, diz Tim Cook.

18:43 – Eddy Cue, vice presidente de software e serviços de internet, mostra as novidades 4K HDR da próxima versão da Apple TV. O processador é o A10X, com o dobro da performance. Os filmes 4K vão ter o mesmo preço. A Apple TV 4K chega ao mercado a 22 de setembro e vai custar 179 dólares.

18:40 – É a vez da Apple TV, que “simplificou a forma como vemos programas de televisões, jogos e outras coisas.” Tim Cook apresenta a Apple TV 4K.

18:38 – Haverá duas versões: sem conectividade 329 dólares, com conectividade 399 dólares. Portugal não será dos primeiros a receber esta última versão. A Apple trabalhou com várias operadoras de telecomunicações nos nove mercados onde o Watch Series 3 autónomo será lançado, incluindo Estados Unidos, França, Alemanha e China. A versão anterior do relógio passa a custar 249 dólares.

18:28 – Confirmado: o Apple Watch Series 3 tem conectividade celular, o que significa que deixa de ser necessário andar com o iPhone atrás para ter acesso a chamadas e internet. O número de telefone será o mesmo do smartphone, o que significa que será possível atender chamadas mesmo quando o iPhone não está consigo. O relógio terá também streaming de música, com o Apple Music. Lá dentro, o processador é dual-core e dá suporte à assistente de voz Siri, com Wi-Fi 85% mais rápido. Vem com o novo chip W2 para Bluetooth e Wi-Fi.

18:24 – Jeff Williams, o diretor de operações, entra para explicar o que há de novo com o WatchOS 4, a nova iteração do sistema operativo do Watch. Por exemplo, o relógio irá agora notificar os utilizadores de que está a registar um batimento cardíaco muito elevado sem razão aparente. Williams anuncia também o início do “Apple Heart Study”, em parceria com a Stanford Medicine, que irá recolher dados sobre a atividade cardíaca dos utilizadores. O WatchOS 4 estará disponível a 19 de setembro.

18:18 – Tim Cook regressa para falar do Apple Watch, que no último trimestre cresceu 50% e é hoje o relógio mais vendido do mundo, segundo o CEO – à frente da Rolex, Fossil, Omega e Cartier.

18:11 – Entra em palco Angela Ahrendts, vice presidente de retalho da empresa, que lidera a estratégia das Apple Stores.

18:09 – O CEO dá agora informações sobre o novo campus da Apple, com foco na energia renovável que alimenta a estrutura – tem uma das maiores instalações de painéis solares do mundo. No final do ano, vai abrir ao público um centro para visitantes na sede da empresa.

18:07 – Antes dos produtos, Cook fala dos desastres naturais que estão a acontecer no Texas, Flórida e Caraíbas, informando que a Apple está a trabalhar com organizações para ajudar à recuperação.

18:03 – Tim Cook entra em palco. “É a honra de uma vida ser o primeiro a dar-vos as boas-vindas ao Steve Jobs Theater. O Steve significava tanto para mim e muitos de nós”, diz o CEO da Apple, com a voz embargada. Cook diz que já passou tempo suficiente desde a morte de Steve Jobs para que se possa lembrá-lo com alegria em vez de tristeza. “O Steve era um génio”, diz, com uma capacidade de levar as pessoas a fazerem o seu melhor trabalho. Foi o cofundador da Apple que começou a trabalhar no novo campus da empresa, há dez anos, mas morreu antes de o ver construído.

18:00 – “Welcome to the Steve Jobs Theater”, lê-se no ecrã gigante no palco do evento. Ouve-se a voz de Steve Jobs com uma mensagem inspiradora. A apresentação vai começar.

A Apple apresenta hoje a sua nova geração de iPhones, sendo esperados pelo menos três novos modelos: o iPhone 8, o iPhone 8 Plus e o super premium iPhone X. É o primeiro evento no anfiteatro Steve Jobs Theater, na nova sede da empresa em Cupertino.

Tim Cook deverá revelar ainda uma nova Apple TV e um Apple Watch com conectividade celular, independente do smartphone.

Por ser a edição de aniversário do iPhone, que completa dez anos em 2017, antecipa-se um redesenho completo do dispositivo. No fim de semana, uma tremenda fuga de informação revelou muitos pormenores sobre as características dos novos telefones através de um olhar antecipado para o sistema operativo que os acompanhará, iOS 11. Será que Tim Cook tem outras surpresas na manga?

Vamos acompanhar o evento ao minuto a partir das 18h00 (10h00 na Califórnia).

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens

Turismo vale 16% da atividade económica portuguesa

Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Défice público cai 59% até ao final de outubro

Marco Schroeder

Marco Schroeder renuncia a cargo de CEO da Oi

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
iPhone 8: todas as novidades da Apple em direto