Euro 2016

#QSFD chegou a Paris em cartazes. A “culpa” é de uma agência portuguesa

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A Kiss invadiu Paris depois da vitória da Seleção com a mensagem que Ronaldo tornou viral. Pedro Batalha explica porquê.

A frase com que Ronaldo sacudiu a pressão sobre Moutinho antes de marcar penalty contra a Polónia, não só energizou uma equipa, como um País. Inspirou também a agência de publicidade Kiss, depois da vitória da Seleção frente à França, a invadir Paris com cartazes, com uma mensagem muito especial.

“Tudo começou depois dos quartos-de-final. Começou com o #QSFD do Ronaldo. Quando ouvi aquilo, dito daquela maneira, teve uma força incrível. Não foi vernáculo, foi uma metáfora poderosa. Foi o clique que mudou tudo. Ao mesmo tempo, penso que é uma mensagem incrível para todos os portugueses que têm receio de falhar. Espero que seja o fim de um certo complexo de inferioridade”, conta Pedro Batalha, diretor criativo da Kiss, ao Dinheiro Vivo.

Pedro Batalha inspirou-se. Escreveu um artigo. E antes da final, a Kiss lançou um cartaz de apoio à Seleção: a silhueta de Ronaldo surgia no lugar da Torre Eiffel com a frase “A torre é nossa.”

 

Ronaldo_torre

E foi mesmo. Uma torre chamada Éder. “Foi o que se viu. Talvez a maior alegria coletiva a seguir ao 25 de abril e um tremendo mau perder dos franceses, com insinuações, petições e difamações”, lembra Pedro Batalha.

Decidiram reagir. “Decidimos comprar três bilhetes e voar para Paris”. Missão? Passar uma mensagem em forma de cartazes com a frase que Ronaldo tornou viral. “Depois de muito caminhar, lá conseguimos colar os cartazes e ainda fugimos à polícia.”

“Como agência que trabalha a comunicação de marcas, temos a consciência que a nossa, a Kiss, pode e deve expressar-se sobre causas e temas desde que sejam relevantes. Este momento de grande alegria para todos pode e deve servir para termos como nação uma nova atitude e acreditarmos mais em nós”, comenta Pedro Batalha.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República portuguesa. Foto: REUTERS/Benoit Tessier

OE2020: PR avisa que é preciso “ir mais longe” em matérias como a saúde

Outros conteúdos GMG
#QSFD chegou a Paris em cartazes. A “culpa” é de uma agência portuguesa