Políticas de privacidade

Google proíbe conteúdos eróticos no Blogger

O motor de busca foi criado em 1998
O motor de busca foi criado em 1998

O motor de busca emitiu um comunicado em que solicita aos utilizadores de blogues do Blogger que apaguem ou classifiquem de 'privados' conteúdos de cariz pornográfico,

Segundo o comunicado divulgado pelo Google, a partir do dia 23 de março os utilizadores de blogues não poderão partilhar imagens ou vídeos de conteúdo erótico ou sexual nas suas páginas.

O Blogger ou blogspot.compermite a utilização de ferramentas para a edição e a gestão de blogues. As configurações deste serviço facilitam ao utilizador a marcação de conteúdos sexuais, como ‘conteúdos para adultos’.

Alteradas as políticas, os conteúdos sexuais existentes nas páginas dos utilizadores terão um registo ‘privado’, não sendo reconhecidos pelo motor de busca.

No entanto, “caso existam conteúdos sexuais que ofereçam benefícios públicos, informativos e educacionais”, o Google refere que esses poderão ser continuar como públicos nos blogues, sendo uma exceção à regra que entrará em vigor.

Os utilizadores têm até à data estabelecida a hipótese de colocar os conteúdos sexuais dos seus blogues como privados ou de os remover totalmente.

Caso visite ou consulte um blogue que considere como impróprio, pode marcá-lo ou denuncia-lo, mesmo que o proprietário deste não o tenha feito. Os blogues ‘marcados’ serão analisados pela Google.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, discursa na cerimónia de lançamento do Projeto de Divulgação Cultural do Novo Banco. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Banca custou ao Estado mais 1,5 mil milhões de euros em 2019, agora ajude

coronavirus portugal antonio costa

Proibidos ajuntamentos com mais de cinco pessoas. Aeroportos encerrados

O primeiro-ministro, António Costa, fala aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros após a Assembleia da República ter aprovado o decreto do Presidente da República que prolonga o estado de emergência até ao final do dia 17 de abril para combater a pandemia da covid-19, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 2 de abril de 2020. 
 MÁRIO CRUZ/POOL/LUSA

Mapa de férias pode ser aprovado e afixado mais tarde do que o habitual

Google proíbe conteúdos eróticos no Blogger