evasão fiscal

Índia rejeita declaração de fortuna de 29 mil milhões de dólares

Foto: DR
Foto: DR

Finanças locais não aceitaram declaração de rendimentos milionária. Índia está a procurar combater a evasão fiscal.

O Governo indiano rejeitou uma declaração de rendimentos de 29 mil milhões de dólares de uma família de quatro pessoas, mais do que a fortuna do homem mais rico da Índia.

A declaração de rendimentos de dois biliões de rupias foi entregue por uma família de quatro pessoas durante o programa de governo que oferece amnistia para rendimentos não declarados – numa luta do governo indiano contra a corrupção que levou mesmo o país a retirar de circulação as notas mais altas.

Outro caso revelou 138,6 mil milhões de rupias de rendimento ilegal, segundo a Bloomberg. O Governo está a averiguar os dois casos.

A amnistia para a evasão fiscal foi oferecida em setembro em troca de um imposto único sobre 45% do rendimento. O programa levou a que mais de 670 mil milhões de rupias fossem declaradas, excluindo estes dois casos rejeitados pelo ministério das Finanças local. Embora não tenha sido divulgada a razão para a recusa os analistas locais admitem que estes indivíduos possam estar a ser usados para lavagem de dinheiro.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS. Fotografia:  Pedro Rocha / Global Imagens

PS quer acabar com vistos gold em Lisboa e no Porto

O ministro das Finanças, Mario Centeno. Fotografia ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Finanças. Défice foi de 599 milhões de euros em 2019

João Paulo Correia, deputado do PS. MÁRIO CRUZ/LUSA

PS avança com aumento extra das pensões mas a partir de agosto

Índia rejeita declaração de fortuna de 29 mil milhões de dólares