Holanda: Coffee Shops em apuros com proibição de entrada a turistas

Podem surgir redes franchisadas
Podem surgir redes franchisadas

Os turistas que quiserem experimentar as “especialidades” das Coffee Shops ainda o podem fazer, mas a tolerância holandesa tem os dias contados. A partir de Maio, a entrada de turistas nos cafés onde se vende legalmente marijuana e haxixe vai ser proibida nas províncias do sul da Holanda. Em 2013, a medida será estendida a todo o país.

Das 650 Coffee Shops que existem na Holanda, praticamente um terço (223) estão concentradas na capital Amsterdão. É por isso que os críticos da medida temem um impacto severo no turismo; os donos dos cafés prevêem mesmo uma hecatombe no sector.

Pelo lado do governo holandês, a legislação procede da reclassificação da cannabis cultivada no país como droga dura, mas há muitas cidades a contestar a iniciativa. A proibição devia ter entrado em vigor com o novo ano, mas foi adiada para Maio e só será implementada para já nas províncias de Limburg, Brabant norte e Zeeland.

Nesta altura, só os holandeses ou residentes no país poderão aceder às Coffee Shops, mediante um “wietpass” (passe de erva).

Os receios do efeito da medidas prendem-se com a quantidade de turistas que visitam a Holanda com o intuito de usarem drogas legalmente. Só os cafés de Amsterdão recebem um milhão de turistas por ano; com a nova lei, cada estabelecimento terá a limitação de dois mil membros, a quem registará como parte do “clube”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Nova versão estará disponível nas próximas semanas nos dispositivos Nexus. Fotografia: DR

Nougat: Conheça as novidades do software Android 7.0

PPP rodoviárias vão custar 1,2 mil milhões líquidos

Encargos com PPP aumentaram 5% no primeiro trimestre

Usain Bolt, uma das estrelas dos Jogos

Sapatilha autografada por Bolt arrematada por 16 mil euros

Pedro Teixeira Duarte

Teixeira Duarte assegura contrato de 66,4 milhões no Brasil

telemovel

Vai mesmo carregar o seu telemóvel durante toda a noite?

A formação não precisa de custar muito dinheiro ou ser formal para lhe permitir acompanhar as mudanças no trabalho.

18 sites para o seu futuro que não pode ignorar hoje

Conteúdo Patrocinado
Holanda: Coffee Shops em apuros com proibição de entrada a turistas