gastronomia

Level. Já pode tomar Nescafé Dolce Gusto no brunch

A carregar player...

É a primeira coffee shop da Nescafé Dulce Gusto. Lisboa é piloto para eventual expansão a outros mercados onde a marca da Nestlé está presente.

Chama-se Level e é a primeira coffee shop da Nescafé Dolce Gusto a nível mundial. Lisboa é a cidade piloto deste projeto que quer “elevar o patamar da marca para um outro canal”, adianta Teresa Mendes, gestora de marketing da marca de cápsulas da Nestlé. Um novo canal que aposta na pastelaria francesa e no brunch ao domingo na zona do Chiado.

Não se trata de “alterar a estratégia da marca”, a primeira a entrar no mercado nacional com venda de café em cápsula na grande distribuição, mas sim “criar um espaço de experimentação”, garante Teresa Mendes. O projeto foi “100% desenhado localmente e depois fechado com a Suíça [a casa mãe]”, conta gestora de marketing da Nescafé Dolce Gusto. “Todos os mercado estão a olhar para nós, para eventual alargamento a outros países”, acrescenta. Mercados como a Suíça, Europa do Leste ou Brasil já visitaram o espaço de 190 m2 na Rua do Alecrim, perto da zona do Chiado, para conhecer esta experiência inédita na marca. Portugal serve assim de piloto. O que não surpreende num mercado em que a Nescafé Dolce Gusto tem mais de 20% de penetração nos lares nacionais – no mercado europeu a taxa está abaixo dos 5% – sendo Portugal o sexto maior mercado da marca multibebidas em cápsula, adianta a responsável da marca.

Level é um coinvestimento da marca da Nestlé e de um grupo de empresários, tendo criado 8 postos de trabalho. Marca e empresário não quiseram revelar o investimento. No espaço pretendeu-se aliar a modernidade associada à marca, mas mantendo a traça clássica do espaço de dois andares ligados por uma escadaria de madeira. O Level vende cápsulas e máquinas, o cliente pode inclusive comprar cápsulas à unidade criando o seu próprio bouquet, mas não se esgota aqui. “Bebidas que não são vendidas no mercado europeu poderão ser experimentadas no Level”, adianta Teresa Mendes. Bebidas como blends só disponíveis nos mercados asiáticos, exemplifica.

Brunch_level

Há espaço de cafetaria, mas também uma mezzanine multimédia que pode receber pequenos grupos. E muita pastelaria francesa para acompanhar as bebidas Nescafé Dolce Gusto. Produtos como Mil Folhas, tarteletes, éclairs (doces e salgados), refeições ligeiras, como saladas, sopas, diversos empadas (pato ou bacalhau), pratos quentes e petiscos como o Polvo marinado em Barista, um dos cafés da gama Dolce Gusto, descreve Pedro Almeida, um dos empresários que apostou no Level. Há inclusive macarons com recheios com sabores das próprias cápsulas de café. “Vamos regularmente criar novas coisas com os nossos pasteleiros”, promete o gestor do espaço.

O domingo, entre as 11h e as 16h, é tempo de brunch.”Temos uma oferta muito alargada e dar azo à criatividade dos nossos pasteleiros e cozinheiros”, diz Pedro Almeida. O brunch é buffet e custa 18,90 euros. “A nossa ambição é ter um dos melhores e mais completos brunch de Lisboa a preços competitivos”, diz. “Queremos oferecer alta qualidade a um preço acessível”.
O pequeno-almoço Level é, no entanto, desde o arranque do espaço, no passado dia 10, o produto com maior procura. Pão, croissant, granola (a mistura é feita pelo Level), ovo mexido, sumo natural e bebida longa custa 9,90 euros. “É um mini-brunch e o produto com mais sucesso. 90% dos turistas que entram no espaço escolhem o pequeno-almoço”, diz Pedro Almeida. “O Level não é só para turistas. Queremos servir o mercado do bairro. O espaço estar situado numa zona turística é um bónus”, frisa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Nazaré da Costa Cabral. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Linhas de crédito anti-covid ainda podem vir a pesar muito nas contas públicas

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Só 789 empresas mantiveram lay-off simplificado em agosto

Level. Já pode tomar Nescafé Dolce Gusto no brunch