Menos 130 mil viram mensagem de Natal de Passos Coelho

Pedro Passos Coelho
Pedro Passos Coelho

Cerca de 430 mil portugueses assistiram dia de Natal, na RTP, às 21h, à
mensagem do primeiro-ministro. Feitas a comparação ao mesmo dia de 2011,
ainda que o sistema de audiometria tenha mudado, são menos 130 mil
pessoas a ver e ouvir o líder do governo. Recorde aqui discurso.

Segundo dados
fornecidos pela Mediamonitor/CAEM, a mensagem de Pedro Passos Coelho
totalizou, este ano, uma audiência média de 4,5%, o equivalente a 429
mil pessoas (e um share de 10,7%), contra uma audiência de 5,9% (559,6
mil pessoas) e um de share 17,7%, no dia 25 de dezembro de 2011.

Estes
valores fizeram com que o “programa” não constasse sequer nos 20 mais
vistos do dia, apesar de passar no horário tradicionalmente com mais
audiência, o prime time. Aqui algumas reações.

Recuando dez natais, segundo os mesmo
dados, obseva-se que o discurso mais visto foi o de José Sócrates, dia
25 de dezembro de 2008, estava a crise a dar sinais evidentes de querer
instalar-se. Nesse ano, 824 mil pessoas ouviram o então
primeiro-ministro, que totalizou uma audiência média de 8,7% e um share
de 26,5%.

Desde então, as audiência foram caíndo gradualmente na RTP1, embora as mensagens de José Sócartes fossem dos mais vistos.

Veja aqui a infografia

Relativamente à restante programação, o filme Pirata das Caraíbas – Por Estranhas Marés, emitido na SIC, foi o mais visto do dia de Natal com mais de 1,3 milhões de telespectadores, o equivalente a uma audiência média de 14,5% e um share de 33,1%.

Com a aposta marcadamente na ficção, designadamente no cinema, a batalha das audiências foi ganha pela SIC, que fechou o dia com um rating de 28,9%, seguida da TVI (23,1%), Cabo (20,1%), Outros (13%), RTP1 (12,2%) e RTP2 (2,6%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A administradora delegada da Media Capital, Rosa Cullell (E), acomapnhada pelo CEO da Altice Media, Alain Weill (2-E), do CEO do Grupo Altice, Michel Combes (2-D), e do Chairman e CEO da Portugal Telecom, Paulo Neves (D), fala durante uma conferência de imprensa sobre a compra da Altice sobre o grupo Media Capital,. Fotografia: ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Compra da TVI pelo Meo pode “criar entraves significativos à concorrência”

Foto: ANDRÉ KOSTERS / LUSA

Financial Times destaca “sucesso socialista” na recuperação de Portugal

(Fábio Poço / Global Imagens)

Desempregados inscritos nos centros de emprego sobem 0,5% em agosto

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Menos 130 mil viram mensagem de Natal de Passos Coelho