Metrossexual já era. Agora o homem adorado pelas mulheres é o dad bod

Leornardo DiCaprio fica com corpo dad bod de vez em quando
no seu blogue The Odyssey, depois de uma conversa com a sua colega de quarto."> Leornardo DiCaprio fica com corpo dad bod de vez em quando

A melhor definição para o novo conceito de homem que surgiu no universo feminino nas últimas semanas nos EUA é o "pai de família". Com um corpo pouco moldado, porque só vai ao ginásio quando lhe apetece, apreciador de um bom petisco, este homem foi descrito pela primeira vez por Mackenzie Pearson, uma universitária de 19 anos, no seu blogue The Odyssey, depois de uma conversa com a sua colega de quarto.

A partir daí, o conceito ganhou a atenção do público jovem feminino nos EUA e agora um pouco por todo o mundo. O dad bod é, segundo Mackenzie Pearson, aquele que diz: “‘Eu vou ao ginásio de vez em quando, mas também bebo bastante nos finais de semana e não dispenso oito pedaços de pizza de uma vez””.

No fundo, é o homem real que “quer parecer mais humano, natural e atraente”, diz. “É um homem que não está muito acima do peso, mas também não é um modelo cheio de músculos”, frisa Mackenzie, que revela as razões para as mulheres se interessarem por este novo tipo de homem.

Desde logo, é um homem que não intimida a mulher, sobretudo se ela tiver curvas, os dois combinam. Depois, a mulher gosta de se sentir a mais bonita. E com este homem, seguramente isso acontece, pois a mulher poderá também satisfazer o desejo de ser o centro das atenções.

Mackenzie Pearson defende ainda que os dad bod são mais fofos a abraçar, além de que são um valor seguro, pois “sabemos no que nos estamos a meter quando nos relacionamos com um homem aos 22 anos com o mesmo corpo que terá aos 45 anos”, diz.

Mas o conceito já está a ser alvo de análises mais ou menos científicas. A “Business Insider” explica a sua origem, atribuindo a sua autoria a Mackenzie, bem como outros conceitos anteriores – o normcore, um estilo também simples como um pai de família, que se veste de forma despretensiosa, com roupas confortáveis e ténis.

Mas a revista “Time” considera o “dad bod uma “atrocidade sexista”. Para Brian Moylan, escritor e viciado em cultura pop nesta revista, “o problema com o dad bod não é o que ele diz sobre os homens, mas o que diz sobre as mulheres e como elas os tratam”. Leia aqui artigo na íntegra.

Já o “Chicago Tribune” mostra como “de repente o dad bod se torna sexy” e o “Daily Mail” não só diz que é a “tendência quente do momento”, como a ilustra com Simon Cowell, famoso produtor britânico e jurado dos programas de televisão como “Britain’s Got Talent”, “The X Factor” ou “American Idol”.

Claro, que já surgiram dietas para quem quer ser um “dad bod e também uma página no Instagram dedicada a este novo tipo de homem, que se espera para ver se veio para ficar… na moda.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
imobiliario

Taxa de juro no crédito à habitação volta a subir em janeiro

O crédito à habitação foi o setor com o valor mais elevado

Redução no IMT obriga a viver seis anos na mesma casa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio, durante o terceiro e último dia do 37.º Congresso Nacional do PSD a decorrer no Centro de Congressos de Lisboa, em Lisboa, 18 de fevereiro de 2018. MÁRIO CRUZ/LUSA

Rio acusa Governo de ser “incapaz” de ter o futuro como prioridade nacional

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Metrossexual já era. Agora o homem adorado pelas mulheres é o dad bod