Tecnologia

Morreu cientista responsável pelo Cortar, Copiar e Colar que inspirou Steve Jobs

larry tesler copiar colar jobs
Larry Tesler (DR)

Investigador que ajudou a tornar os computadores (e aparelhos móveis) aquilo que são hoje, mudou o futuro da Apple após conhecer Steve Jobs

Larry Tesler é considerado um ícone dos primórdios da computação, tendo sido um precursor em Silicon Valley e o homem que mostrou a Steve Jobs inovações como o rato de computador e outros elementos gráficos que mudaram a forma como usamos aparelhos digitais. Morreu aos 74 anos.

O nome de Larry Tesler é desconhecido para a maioria das pessoas que utiliza diariamente aparelhos de computação, sejam eles smartphones, computadores (de secretária ou portáteis) ou tablets. Na verdade, são cerca de 4,5 mil milhões de humanos (dos 7 mil milhões do planeta Terra) que usam sistemas digitais onde as inovações criadas por Tesler fazem toda a diferença.

Tesler começou a trabalhar em Silicon Valley no início dos anos 1960, numa altura em que os computadores eram inacessíveis à grande maioria das pessoas. Foi graças às suas inovações – onde figuravam os tais comandos “Cortar”, “Copiar” e “Colar” – que o computador pessoal se tornou simples de aprender a usar.

A Xerox, onde Tesler passou parte de sua carreira, prestou uma homenagem ao cientista.

“O inventor de Cortar / Copiar e Colar, Pesquisar e Substituir, entre outros, foi o ex-investigador da Xerox, Larry Tesler”, twittou a empresa. “O seu dia de trabalho é mais fácil graças às ideias revolucionárias dele.”

A Apple podia fazer o mesmo tipo de agradecimento, já que Tesler tem uma importância significativa na historia da empresa. Em 1979 foi Larry Tesler que fez a agora lendária visita guiada a Steve Jobs, fundador da Apple, pela divisão de investigação da Xerox, o Xerox PARC (em Silicon Valley). Essa mesma visita acabou por inspirar o uso do rato e o design gráfico intuitivo e “amigo” do utilizador comum dos sistemas operativos atuais. Ambos foram usados pouco depois no Macintosh e influenciaram também o sistema operativo da Microsoft, Windows.

Tesler liderava a equipa do sucessor do Macintosh, o computador Lisa, que levou à saída de Steve Jobs da Apple nos anos 1980

Tesler liderava a equipa do sucessor do Macintosh, o computador Lisa, que levou à saída de Steve Jobs da Apple nos anos 1980

Jobs ficou de tal forma convencido com o que viu naquele centro californiano que a Xerox tinha ignorado, que contratou Tesler para a Apple em 1980 – onde ficou até 1997. Na altura em que se falava na possibilidade de Jobs voltar à Apple, em 1996, foi Tesler que aconselhou o CEO da Apple na altura, Gil Amelio, a avançar comprando a empresa de Jobs NeXT. Na altura Tesler também avisou Amelio que, com a entrada de Jobs, ele iria rapidamente perder o seu cargo, como se veio a verificar.

Tesler nasceu no Bronx, em Nova Iorque, em 1945, e estudou na Universidade de Stanford, na Califórnia. O investigador especializou-se no design do interface dos utilizadores – algo pouco considerado na altura, mas que é hoje a base dos sistemas operativos de computador (e de aparelhos móveis), facilitando o seu uso.

Além do Centro de Investigação da Xerox, em Palo Alto (o PARC), também foi investigador-chefe da Apple, criou uma empresa de educação e passou pela Amazon e pelo Yahoo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A Poveira, conserveira. Fotografia: Rui Oliveira / Global Imagens

Procura de bens essenciais dispara e fábricas reforçam produção ao limite

Fotografia: Regis Duvignau/Reuters

Quase 32 mil empresas recorrem ao lay-off. 552 mil trabalhadores em casa

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

266 mortos e 10 524 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Morreu cientista responsável pelo Cortar, Copiar e Colar que inspirou Steve Jobs