Tecnologia

NOS Alive, o primeiro festival 5G do mundo? Fomos pô-lo à prova

Nos Alive

Festival no Passeio Marítimo de Algés começa hoje e já estivemos a testar o sistema com realidade virtual que usa 5G

O 5G está na moda, mas ainda não chegou a Portugal – nem se sabe quando vai chegar – e muitos não sabem o que é isso significa na prática. As promessas da nova tecnologia superem em muito a transição do 3G para o 4G, porque vão permitir ligar como nunca cada vez mais máquinas, da casa ao carro. A tecnologia que, de forma simples, torna o acesso à internet bem mais rápido, fiável e sem latência promete ainda mudar/tornar reais áreas como a condução autónoma, a telemedicina, entre outras.

Promessas à parte, o NOS Alive alberga este ano o título de primeiro festival de música com 5G do mundo. É certo que os visitantes do festival não vão poder usar a rapidez do 5G nos seus telemóveis (ainda nem se vendem cá telemóveis com essa capacidade), mas há uma experiência que dá alguns vislumbres sobre o que a tecnologia permite.

A NOS tem alguns óculos de realidade virtual no seu stand, em frente ao palco principal. Na prática, estão ligados a uma câmara bem elevada, colocada no palco NOS Clubbing. Além de podermos ver em direto e em tempo real o que se passa lá, os óculos de realidade virtual permitem-nos escolher o que vemos, quando vemos, tal como se fossemos mesmo nós a estar no melhor lugar da “casa”. Se quisermos podemos olhar para a banda a tocar, ou virarmo-nos para trás para ver o público a vibrar. A visão é privilegiada e intensa.

A NOS indica que aquilo que alimenta os óculos é uma ligação a uma antena 5G presente no local, que permite ver o sinal da emissão para os óculos sem paragens, a chamada latência, nem interrupções e de uma forma fluída que a rapidez e fiabilidade do 5G permite.

 

Do teste que fizemos, e que pode ver no vídeo acima, a experiência de visualização em direto foi excelente, sem qualquer paragem. Mesmo sem nos mostrar ainda todas as potencialidades do 5G, é mais uma ação que permite ao público comum perceber as vantagens do que vem aí. Quem já testou o sistema foi o presidente da República, que passou ontem pelo recinto.

Marcelo Rebelo de Sousa já esteve no recinto

Marcelo Rebelo de Sousa já esteve no recinto

Sobre o NOS Alive, a música divide-se desta quinta-feira e até domingo entre os Palco NOS, Palco Sagres, Palco NOS Clubbing, Coreto e o chamado Pórtico e há ainda a área de Comédia. Pelo festival vão passar The Cure, Ornatos Violeta e Tom Walker.

O festival tem ainda uma cobertura de wi-fi reforçada a pensar nos fãs das redes sociais que, se tudo correr bem, podem publicar fotos mais rapidamente no Instagram.

A entrada diária fica por 60,98€, já o passe geral custa 139,77€. Ambos estão disponíveis online. Carregue na galeria para ver como está montado o recinto este ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Défice externo até julho agrava-se para 1633 milhões de euros

Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Défice externo até julho agrava-se para 1633 milhões de euros

EDP. (REUTERS/Eloy Alonso)

Concorrência condena EDP Produção a multa de 48 milhões

Outros conteúdos GMG
NOS Alive, o primeiro festival 5G do mundo? Fomos pô-lo à prova