Novo catálogo nas caixas de correio. Não tem móveis, mas o preço da violência doméstica (com vídeo)

Campanha da APAV, pela FCB Lisboa
Campanha da APAV, pela FCB Lisboa

A APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vitima acaba de lançar uma campanha de sensibilização contra a violência doméstica. Desenvolvida pela agência FCB Lisboa, a campanha vai chegar por correio a alguns lares portugueses em forma de catálogo. E em alguns portugueses vai ficar a saber que há lares que não são assim tão doces.

A fazer lembrar o famoso catálogo Ikea, o catálogo da APAV chama-se “Home”, parecendo também à primeira vista, uma brochura de móveis e decoração. Mas num olhar mais atento, como se pretende, o catálogo revela não os habituais preços de móveis mas os tristes números da violência doméstica.

“O foco da campanha nos espaços comuns do interior de uma casa de família e em objetos do quotidiano chama a atenção para a proximidade do problema”, lê-se no site da APAV.

Veja aqui o filme que apresenta a campanha.

“Os números neste catálogo precisam de diminuir até 2016”. Este é o objetivo da campanha, numa resposta aos números trágicos de 2014. Segundo a associação, no ano passado 48 pessoas morreram no âmbito da violência doméstica no nosso país, entre as quais 43 mulheres.

Ver também este vídeo: Violência Doméstica. Não ignore este anúncio. Denuncie

O catálogo “Home” inclui ainda histórias verdadeiras, traduzidas em estatísticas da violência praticada em ambiente doméstico em Portugal no ano passado. “A violência doméstica é um problema transversal: afeta sobretudo mulheres, mas também homens, crianças, pessoas idosas”, frisa a APAV.

Mas o catálogo “Home” também está disponível online aqui, podendo ser partilhado como forma de ampliar a sensibilização e combate do problema.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Casas em leilão

Selo sobre venda de casas deu num ano mais 50 milhões de euros ao Estado

Former U.N. chief Kofi Annan addresses an advisory commission in Sittwe, Myanmar, September 6, 2016. REUTERS/Wa Lone

Kofi Annan: O diplomata premiado pela defesa da paz

Carlos Saturnino, Sonangol.

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Sonangol vai manter posições na Galp e no BCP

Outros conteúdos GMG
Novo catálogo nas caixas de correio. Não tem móveis, mas o preço da violência doméstica (com vídeo)