Marketing

O melhor buzz que uma marca pode ter

Maria Falcão, Make Social
Maria Falcão, Make Social

Plataforma Make Social criada para debater tendências de marketing de influência e trazer novas visões ao mercado.

Pôr pessoas normais a falar de coisas normais. Foi talvez esse o ponto de partida que trouxe um golpe de asa ao marketing e ajudou a aproximar marcas e produtos das famílias. Nem tudo resulta, é certo, mas quando funciona os resultados são extraordinários, com os influenciadores a ganharem um relevo espantoso nesta área, tornando-se até muitas vezes embaixadores das marcas.

É sobre esses casos — e a possibilidade de multiplicá-los mas também de criar um meio independente de debate focado nas melhores práticas do marketing de influência — que se debruça a Make Social, que já no dia 9 de abril vai reunir alguns dos melhores profissionais no Auditório Jerónimo Martins da Nova SBE.

Com Maria Falcão à frente, esta nova plataforma para agências, clientes e profissionais quer juntar ao debate a formação e o reconhecimento do que de melhor se faz no mercado, de forma a estimular a criatividade nas áreas de Influence & Content Marketing e “contribuir decisivamente para a profissionalização e reconhecimento da indústria”.

“Os influenciadores são os novos media, da saúde à beleza, passando pela tecnologia, partilham os seus reviews com garantia de imparcialidade”, explica Maria Falcão, justificando o sucesso destes novos modelos. “Não se limitam a replicar ideias, eles são um catalisador de ação e assumem um papel de grande relevância para as marcas, porque agregam uma série de valores aos quais interessa às marcas estarem associadas para construir o seu posicionamento ou reputação de uma forma muito mais espontânea e orgânica”, acrescenta a promotora das Make Social – Influence & Content Marketing Talks, que já passou pelo marketing de casas como a Agência BAR, a L’Oréal ou a Sonae.

Contando com parceiros como o WY Group, a Universidade Nova e os grupos Symington e NUVI, entre outros, a Make Social espera receber, nesta conferência de estreia, cerca de 400 participantes para debater “questões estratégicas e atuais para agências, marcas e influenciadores”, bem como tendências para o futuro e até questões éticas relacionadas com este tipo de campanhas.

Entre os influencers e bloggers já confirmados, contam-se nomes como Pedro Janela (CEO do WY Group), Francisco Véstia (country manager da SamyRoad), Manuel Albuquerque (co-founder e CEO da Primetag), Filipa Saldanha e Inês Becken (fundadoras da If Comunicação), João Bello (CEO & partner da Naughty Boys), João Neves ( diretor de desenvolvimento digital da Nova Expressão), mas também, do lado das marcas, Mariana Romão (co-founder e CEO da Sparkl), Filipa Bello (brand & creative director da Zippy), Luís Santos (digital manager da Kinda Home) e Tiago Oliveira (wine marketing manager da Symington).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(REUTERS/Tyrone Siu/File Photo)

Portugal é campeão na venda de carros elétricos, mas falta rede de carregamento

Huawei | Google | Android

Smartphones Huawei vão ser atualizados, garante a marca

Fotografia: Pedro Rocha/ Global Imagens

Taxa turística já rende 30 milhões às câmaras. É uma subida de 56%

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
O melhor buzz que uma marca pode ter