iPhone 7

O Porto transformou-se num palco para mais de 200 mil pessoas

A carregar player...

Mais de 200 mil pessoas invadiram a Baixa do Porto em D'Bandada. E algumas receberam um iPhone 7.

A cidade portuense recebeu o NOS Em D’Bandada 2016, que arrancou ao som de Miguel Araújo e teve como convidados do músico Edu Mundo e Tatanka.

Numa maratona de 47 artistas, em 14 palcos espalhados por 7 quilómetros, foram milhares os fãs que vibraram com o início do evento.

O NOS Em D’Bandada, em parceria com a Câmara Municipal do Porto, assentou arraiais no dia 17 de setembro pela cidade nortenha. O festival contou com dezenas de espetáculos com entrada livre e surpreendeu os fãs com a entrega de três smartphones a clientes NOS, mais especificamente três Iphones 7. O primeiro equipamento foi oferecido por Takana no Silo Auto, local onde deixou uma jovem boquiaberta ao pedir-lhe que subisse ao palco.

Passando pelos Jardins da Cordoaria (local destinado às atividades para crianças), pelo Passeio das Virtudes, Praça dos Leões e Praça dos Pouveiros, a multidão espalhou-se pelas ruas até fazer fila à porta dos estabelecimentos comerciais como o café Maus Hábitos, a Cave 45 e Era Uma Vez em Paris.

A Praça dos Poveiros voltou a revelar-se nesta edição um dos epicentros deste São João da Música, com uma multidão de fãs do Hip Hop. Foi assim que, neste preciso local, pelas mãos de Bispo, mais um cliente da operadora volta a ganhar um smartphone.

Também a Rua Cândido dos Reis esteve inundada de festivaleiros, desta vez ao som da música escolhida por Nuno Lopes, na D’Bandada como DJ, o qual provou os seus dotes para a música.

No Coliseu, Selma Uamusse conseguiu fazer da noite um grande momento africano, oferecendo também ela um dos novos iPhones. Aqui foi encerrado este “grande e generoso palco de elogio à música”. Terminando com chave de ouro, no final todas as ruas foram dar ao Coliseu, o qual fechou as portas logo a seguir aos concertos para se poder transformar no mítico Club Kitten, um acontecimento que marcou uma geração do Porto há mais de uma década e que veio comemorar 15 anos de existência no NOS Em D’Bandada, encerrando assim o festival.

O ciclo de cinema “Há filmes no NOS Em D’Bandada” ocorreu, de terça para sexta-feira, no Cinema Passos Manuel, acolhendo um total de 500 espectadores.

Desta forma, o espetáculo musical e cinematográfico demonstrou que a cidade se “apropriou” do conceito e aderiu às iniciativas criadas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
mulher gravida

Não renovação de contratos com grávidas cresce 15%

mulher gravida

Não renovação de contratos com grávidas cresce 15%

Angel Gurria, secretário-geral da OCDE. Fotografia: EPA/Mario Guzmán

OCDE mais pessimista. Sinais vermelhos para a economia

Outros conteúdos GMG
O Porto transformou-se num palco para mais de 200 mil pessoas