Os 10 erros mais comuns quando se fala em público

Planeie a sua apresentação
Planeie a sua apresentação

O Speak Fearlessly, um blog que fornece dicas, técnicas, estratégias, recursos e sugestões sobre como ser um orador mais eficaz, revela os 10 erros mais comuns de uma apresentação em público. Esteja atento, esforce-se para os evitar e torne-se num melhor orador.

1. Usar pequenos gestos e movimentos

A maioria dos oradores inexperientes tem receio de “ocupar muito espaço”. Esta hesitação surge como um pedido de desculpas para o público e mostra insegurança.

2. Não gastar energia suficiente

Este erro transmite desinteresse e falta de entusiasmo e, como consequência, o público irá sentir-se da mesma forma. Aumente o nível de energia e capte a atenção dos que o ouvem. Projete mais confiança e personalidade.

3. Não preparar a apresentação

Muitos oradores não sabem como se preparar, focando-se apenas nos meios de comunicação que vão utilizar. Pesquise bastante sobre o assunto para que se sinta confiante e preparado para responder a qualquer pergunta.

4. Não praticar o suficiente

Este é um dos maiores erros que pode cometer. Faça um ensaio com um público de confiança, amigos, familiares, colegas, por exemplo. É uma forma de aumentar a sua confiança e de saber quais foram os seus pontos fortes e fracos e, assim, poderá corrigi-los.

5. Apresentações centradas em dados

Os dados são importantes para sustentar a sua apresentação, mas se se centrar apenas neles não vai dizer nada de novo. O truque é apresentar esses dados enquanto conta uma história.

6. Jogar pelo seguro

Quando o conteúdo da apresentação é muito óbvio, normalmente, torna-se desinteressante. A capacidade mais importante num orador é a de atrair a atenção e tal só é possível correndo alguns riscos. Use a sua criatividade!

Leia também: Pânico de falar em público? Dez passos para ser um sucesso

7. Tentar parecer perfeito

Se quer ser visto como credível, não tente ser demasiado perfeito, o público vai ficar desconfiado. Conte histórias de algum momento em que cometeu erros e revele o que aprendeu.

8. Levar-se demasiado a sério

Muitos oradores tendem a ser muito sérios e formais, mas se se mostrar mais natural e informal a sua apresentação será mais cativante e autêntica. Além disso, pode dar a ideia de que se acha superior aos outros. Ao falar de uma forma mais informal, o público estará mais disponível para confiar em si.

9. Apresentar muito material

Não utilize todo o material que tem, selecione. Planeie a sua apresentação porque, muitas vezes, o discurso real demora mais 25% ou até mais do tempo previsto, dependendo das reações do público.

10. Não tenha pressa

Fale calmamente para que as pessoas o acompanhem e percebam o que está dizer. Assim, vai mostrar-se mais confiante e vai ter mais tempo para exprimir melhor o seu pensamento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa e Silva, responsável pelo plano para a economia nacional nos próximos dez anos.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Plano de Costa Silva. As bases estão lá, falta garantir boa execução

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Risco de austeridade? “Depende de como evoluir a economia”

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )Filipe Santos
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Há um conjunto de empreendedores que vai continuar

Os 10 erros mais comuns quando se fala em público