carros

Os Maserati do futuro têm câmaras e ecrãs em vez de espelhos

O Quattroporte GTS exposto no Mobile World Congress não tem espelhos retrovisores
O Quattroporte GTS exposto no Mobile World Congress não tem espelhos retrovisores

Conduzir um carro sem espelhos retrovisores não parece ser a experiência mais segura do mundo. Exceto, claro, se, em vez de espelhos, existirem monitores a transmitirem, em tempo real, as imagens captadas pelas câmaras instaladas no exterior do carro - sem cabeças, bancos ou qualquer obstrução à visão.

Foi o que a QNX, uma subsidiária da BlackBerry, desenvolveu para a Maserati. O Quattroporte GTS que está exposto no Mobile World Congress, a decorrer esta semana em Barcelona, não tem qualquer espelho retrovisor.

Além da visão desimpedida, a vantagem, explicou Alex James, da QNX, é que, ao contrário de qualquer espelho, as câmaras são facilmente reposicionadas para qualquer ângulo, oferecendo maior segurança.

Ao mesmo tempo, as câmaras permitem captar uma imagem mais ampla do que os espelhos, eliminando, assim, os ângulos mortos. Os ecrãs instalados nas laterais do carro têm ainda uma faixa verde, que se torna vermelha se algo se aproximar do carro, alertando o condutor para o risco de colisão.

As câmaras, instaladas no tejadilho, na grelha frontal e onde estariam os espelhos laterais, são controladas a partir de um painel de controlo digital.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
Os Maserati do futuro têm câmaras e ecrãs em vez de espelhos