candidatura a emprego

Perfis do Facebook: as novas entrevistas de emprego?

Uma consulta de dez minutos ao perfil do Facebook de um candidato a um trabalho é mais eficaz do que as tradicionais entrevistas feitas nos Recursos Humanos.

As conclusões são de um estudo do “Journal of Applied Social Psychology”, citado pela revista “Time”, onde um professor universitário e dois estudantes analisaram perfis de vários jovens trabalhadores. De seguida, foram questionados acerca de vários aspectos da personalidade dos mesmos jovens.

Quando compararam as respostas dos analistas dos perfis com os relatórios da atividade dos jovens trabalhadores, os investigadores observaram uma notável correlação entre as duas dimensões.

Uma das conclusões é de que nas tradicionais entrevistas de emprego é mais fácil aos candidatos ocultar certas facetas da sua personalidade do que nos perfis virtuais. No entanto, o estudo não se centrou apenas nas informações negativas com vista a obtenção deemprego.

Fotos de noitadas com os amigos, por exemplo, longe de serem considerados maus sinais, mostram na verdade uma boa capacidade social e uma personalidade extrovertida.

Quem pode ver-se ameaçado no emprego, perante a infalibilidade dos perfis do Facebook são os responsáveis dos Recursos Humanos das empresas. Mas talvez não tenham problemas, basta ter um perfil interessante.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Perfis do Facebook: as novas entrevistas de emprego?