Pingo Doce já não lança robot de cozinha este ano

ng3112931

Anunciado para o início de outubro, o lançamento do robot de cozinha Chef Express Pingo Doce foi adiado para o próximo ano. “Confirmamos que mantemos a intenção de lançar um robot de cozinha que pretendemos que venha a ter a melhor relação preço-qualidade”, disse ao Dinheiro Vivo fonte oficial do Pingo Doce.

No entanto, acrescenta a mesma fonte, “não é expectável que consigamos concluir a fase final de ajustamentos do projecto, até ao final deste ano.”

Tendo em conta a época natalícia em que nos encontramos, a mesma fonte destaca que, “com o objetivo de disponibilizar uma oportunidade de presente de Natal de elevado valor a um preço muito competitivo”, o Pingo Doce “tem vindo a desenvolver fortes promoções nas máquinas de café, um produto de marca Pingo Doce que, desde o seu lançamento, tem tido uma grande adesão por parte dos consumidores.”

Recorde-se que o robot de cozinha Chef Express Pingo Doce, equipamento muito similar ao líder de segmento, Bimby, foi anunciado em meados de setembro, tendo inclusivamente os supermercados do grupo Jerónimo Martins feito a sua apresentação aos clientes nas suas lojas.

Ler mais: Guerra das ‘Bimbys’. Chef Express chega em outubro

Segundo anunciou fonte oficial na altura, a máquina seria desenvolvida com tecnologia europeia e produzida na União Europeia de forma a garantir que cumpre os parâmetros de qualidade exigidos para os produtos da marca Pingo Doce.

Com a máquina que, tal como a Bimby (que custa perto de mil euros), pesa os ingredientes, amassa, bate, emulsiona, coze , tritura, pica, corta, pulveriza, moe, vem uma livro de receitas, inspiradas na dieta mediterrânica.

Pela mesma altura o Continente levava para as suas lojas, a Yämmi, uma máquina de cozinhar multifunções “tudo em um, económica, prática e a um preço único, para confecionar qualquer tipo de refeição e libertando tempo para as coisas boas da vida”, define o Continente.

Ler mais: A guerra das ‘Bimbys’ está a chegar

Por 349 euros, esta panela de aço inoxidável, com sistema de aquecimento e sensor de temperatura integrado tem capacidade para 2 litros.

Enquanto isso, a líder Bimby dizia que “a concorrência é natural e salutar”.

Entretanto, o mercado agitou-se e vários robots/panelas de cozinha surgiram. Algumas delas foram inclusivamente testadas pela Deco, estando para breve as conclusões da análise.Ver aqui.

Um desses lançamentos foi a Cookii, lançada pela Flama, que estão à venda nas lojas Worten, por 249 euros. Veja aqui como funciona este robot.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
epa05492274 A handout picture provided by Intel Corp. on 17 August 2016 shows Intel CEO Brian Krzanich (L) and Technical Marketing Engineer Craig Raymond (R) demonstrating the Project Alloy virtual reality headset during a presentation at the Intel Developer Forum in San Francisco, California, USA, 16 August 2016.  EPA/INTEL CORPORATION/HANDOUT  HANDOUT EDITORIAL USE ONLY/NO SALES

Project Alloy. Não é realidade virtual, é realidade misturada

François Hollande, presidente de França

França vai pedir suspensão de negociações do acordo comercial UE-EUA

Rui Freire conta com experiência na Microsoft, grupo Havas e Global Media Group. Fotografia: DR

Rui Freire passa da Microsoft para o grupo Omnicom

Setor da panificação e pastelaria. Fotografia: D.R.

Mercado da panificação e pastelaria a crescer

Fotografia: REUTERS/ Lucy Nicholson

Estes são os atores mais bem pagos do mundo, segundo a Forbes

7

30 pessoas estão a mudar o mundo. Conheça-as

Conteúdo Patrocinado
Pingo Doce já não lança robot de cozinha este ano