Web Summit

Quem quer ver na Web Summit? De Bezos a Musk, evento quer sugestões

Paddy Cosgrav, fundador da Web Summit. Foto: Filipe Amorim/Global Imagens
Paddy Cosgrav, fundador da Web Summit. Foto: Filipe Amorim/Global Imagens

A Web Summit pediu através do Twitter sugestões para oradores. De Jeff Bezzos a Elon Musk, passando por Michelle Obama, não faltaram dicas

A pouco mais de dois meses a Web Summit, a equipa liderada por Paddy Cosgrave continua em busca de alguns oradores para encher as muitas conferências que costumam marcar o evento que, desde 2016, se realiza em Lisboa.

Este fim de semana, e já depois de Paddy Cosgrave ter feito o mesmo pedido na sexta-feira e até ter revelado que o seu sonho seria juntar o CEO da Amazon, Jeff Bezos, com o empreendedor, professor, autor e estrela recente nos podcasts, Scott Galloway (tem um podcast chamado Pivot, com Kara Swisher), foi a vez da própria Web Summit lançar o apelo no Twitter. “Quem querem ouvir na Web Summit este ano?” O post foi inclusive patrocinado pela equipa, com o intuito de ouvir sugestões.

E elas chegaram a bom ritmo. Além de Jeff Bezos e Scott Galloway, falou-se do líder da Tesla e SpaceX Elon Musk, do futurista Gerd Leonhard, mas também da jovem ativista ambiental sueca Greta Thunberg, de 16 anos, mas também do empreendedor brasileiro Marco Gomes (fundador da boo-box e do Heartbit), dos CEO da Google e da Microsoft, Sundar Pichai e Satya Nadella, respetivamente. Mas também do português Pedro Hipólito – empresário português nascido em moçambique ou do youtuber Casey Neistat.

O empreendedor e motivador Gary Vaynerchuk, que já esteve no evento há dois anos, também foi referido, bem como Zeynep Tufekci, professor, autor e colunista do New York Times e da Wired. Joy Buolamwini, especialista em algoritmos contra a descriminação e presença recente numa TED Talk, também foi referida, tal como o criador da série futurista de culto Black Mirror, Charlie Brooker.

Sugestões ainda para o líder da NASA, Jim Bridenstine, para o líder da Agência Espacial Europeia, Jan Worner, ou para um futurista veterano, uma verdadeira referência para muitos, Ray Kurzweil, que trabalha para a Google. Na verdade, houve quem pedisse um especial para o espaço, até por este ser o ano em que se celebra os 50 anos da chegada do ser humano à Lua.

Michelle Obama, a ex-primeira-dama dos EUA, também foi referida, tal como Eric Cantona, o ex-jogador que vive em Portugal, ou Max Tegmark, professor do MIT em inteligência artificial, conhecido como Mad Max, pelas suas ideias arrojadas sobre a realidade.

Entretanto, existem novas confirmações, como se pode ver em cima. A Web Summit tem inclusive já alguns nomes alinhados por dias no seu site.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 04 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Governo vê economia a crescer 4,3% em 2021 e desemprego nos 8,7%

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, durante a conferência de imprensa após a reunião extraordinária da Comissão Permanente de Concertação Social por video-chamada, no Ministério da Economia, em Lisboa, 16 de março de 2020. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Segunda fase do lay-off custa mais de 700 milhões de euros

Jorge Rocha de Matos, presidente da Fundação AIP. Foto: direitos reservados

Rocha de Matos: IVA devia ser de 6% em todos os eventos para ajudar o turismo

Quem quer ver na Web Summit? De Bezos a Musk, evento quer sugestões