Tecnologia

Samsung já vendeu meio milhão de dobráveis Fold. Receitas? Perto dos mil milhões

Samsung Fold
Samsung Fold no Colombo, em Lisboa

Empresa coreana esclareceu na feira de tecnologia CES que já vendeu entre 400 e 500 mil unidades do smartphone dobrável Fold que custa 2049 euros

Um valor entre os 800 milhões e os mil milhões de euros é quanto a Samsung já terá amealhado de receitas com a venda do seu modelo mais recente, o Fold, o primeiro smartphone com ecrã dobrável da marca e um dos poucos à venda no mundo. Pelo menos essa é a estimativa feita a partir do primeiro anúncio oficial sobre as vendas do smartphone mais original e caro da marca que permite tornar um smartphone, num mini tablet graças a um ecrã dobrável que abre ao estilo livro.

O presidente e CEO da Samsung, DJ Koh, deixou essa estimativa na feira de tecnologia de Las Vegas, CES, onde terá indicado que o fabricante sul-coreano vendeu entre 400 mil e meio milhão de unidades do smartphone Galaxy Fold no final de 2019, quando o dispositivo ficou disponível.

O modelo tem um preço a nível global a rondar os 2000 euros – custa 1980 dólares nos EUA e 2049 euros em Portugal, por exemplo -, o que significa que também gera mais receita mesmo com poucos aparelhos vendidos. Daí que com perto de meio milhão de unidades vendidas o valor global recebido pelos aparelhos esteja perto dos mil milhões de euros.

Em dezembro, a fabricante coreana corrigiu indicações iniciais de que teriam sido vendidos 1 milhão de unidades, já que o diretor de estratégia Young Sohn (o executivo que revelou o valor) terá citado de forma errada metas anuais em vez de vendas reais.

A Agência de Notícias Yonhap adianta que a Samsung quer lançar o Galaxy Fold em 59 países até fevereiro, quase o dobro daqueles em que estão atualmente – as vendas começaram em setembro e o modelo chegou a Portugal apenas a 23 de dezembro.

Para 2020 a Samsung já anunciou planos para ter mais opções de smartphones com ecrã dobrável, eventualmente com novos formatos e preços mais baixos dos que o premium Fold.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

(A-gosto.com/Global Imagens).

PSD indisponível para viabilizar alteração à lei para aeroporto do Montijo

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Samsung já vendeu meio milhão de dobráveis Fold. Receitas? Perto dos mil milhões