Glintt

Tecnológica Glintt vai produzir e vender electricidade

A tecnológica Glintt, ex-ParaRede, vai produzir e comercializar electricidade, através da nova subsidiária Glintt Energy. De acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a nova empresa estará sediada em Évora e será detida a 100% pela Glintt, tendo um capital social de 50 mil euros.

“A criação da Glintt Energy insere-se na estratégia de expansão da actividade da Glintt para a área da energia”, explica a empresa no comunicado. Além da produção e venda de electricidade a partir de energias renováveis, a nova subisidária também irá fabricar equipamentos para as áreas da energia e ambiente.

Além disso, revela o comunicado, a Glintt Energy irá fornecer consultoria e execução de projectos de eficiência energética e energias renováveis, “bem como de projectos de concepção, exploração e manutenção de sistemas de produção de energia com recurso a tecnologias sustentáveis e inovadoras”, adianta a Glintt.

A Glintt surgiu da fusão entre a ParaRede e a Consiste, empresa tecnológica detida pela Associação Nacional de Farmácias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
dbrs-1060x594

DBRS mantém rating de Portugal em ‘BBB’ e perspetiva estável

O primeiro-ministro, António Costa, intervém durante a cerimónia de assinatura de declaração de compromisso de parceria para Reforço Excecional dos Serviços Sociais e de Saúde e lançamento do programa PARES 3.0, no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em Lisboa, 19 de agosto de 2020. ANDRÉ KOSTERS/LUSA

“Na próxima semana podemos chegar aos 1000 casos por dia”, avisa Costa

App Stayaway covid

App Stayaway Covid perto do milhão de downloads. 46 infetados enviaram alertas

Tecnológica Glintt vai produzir e vender electricidade