Glintt

Tecnológica Glintt vai produzir e vender electricidade

A tecnológica Glintt, ex-ParaRede, vai produzir e comercializar electricidade, através da nova subsidiária Glintt Energy. De acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a nova empresa estará sediada em Évora e será detida a 100% pela Glintt, tendo um capital social de 50 mil euros.

“A criação da Glintt Energy insere-se na estratégia de expansão da actividade da Glintt para a área da energia”, explica a empresa no comunicado. Além da produção e venda de electricidade a partir de energias renováveis, a nova subisidária também irá fabricar equipamentos para as áreas da energia e ambiente.

Além disso, revela o comunicado, a Glintt Energy irá fornecer consultoria e execução de projectos de eficiência energética e energias renováveis, “bem como de projectos de concepção, exploração e manutenção de sistemas de produção de energia com recurso a tecnologias sustentáveis e inovadoras”, adianta a Glintt.

A Glintt surgiu da fusão entre a ParaRede e a Consiste, empresa tecnológica detida pela Associação Nacional de Farmácias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS. Fotografia:  Pedro Rocha / Global Imagens

PS quer acabar com vistos gold em Lisboa e no Porto

O ministro das Finanças, Mario Centeno. Fotografia ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Finanças. Défice foi de 599 milhões de euros em 2019

João Paulo Correia, deputado do PS. MÁRIO CRUZ/LUSA

PS avança com aumento extra das pensões mas a partir de agosto

Tecnológica Glintt vai produzir e vender electricidade