Glintt

Tecnológica Glintt vai produzir e vender electricidade

A tecnológica Glintt, ex-ParaRede, vai produzir e comercializar electricidade, através da nova subsidiária Glintt Energy. De acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a nova empresa estará sediada em Évora e será detida a 100% pela Glintt, tendo um capital social de 50 mil euros.

“A criação da Glintt Energy insere-se na estratégia de expansão da actividade da Glintt para a área da energia”, explica a empresa no comunicado. Além da produção e venda de electricidade a partir de energias renováveis, a nova subisidária também irá fabricar equipamentos para as áreas da energia e ambiente.

Além disso, revela o comunicado, a Glintt Energy irá fornecer consultoria e execução de projectos de eficiência energética e energias renováveis, “bem como de projectos de concepção, exploração e manutenção de sistemas de produção de energia com recurso a tecnologias sustentáveis e inovadoras”, adianta a Glintt.

A Glintt surgiu da fusão entre a ParaRede e a Consiste, empresa tecnológica detida pela Associação Nacional de Farmácias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: direitos reservados

RGPD. Um ano depois, mercado português pede maturidade e legislação

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (C), durante a cerimónia militar do Instituto Pupilos do Exército (IPE), inserido nas comemorações do 108.º aniversário da instituição, em Lisboa, 23 de maio de 2019.  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: “Quem não for votar, depois não venha dizer que se arrepende”

Outros conteúdos GMG
Tecnológica Glintt vai produzir e vender electricidade