Tem coragem para visitar uma casa assombrada? Então, entre nesta

ng4316325

É daqueles que têm medo, mas gostava de controlá-lo? Ou não tem medo algum, mas gosta de aventuras? Então, uma visita a uma casa assombrada pode ser o desafio ideal.

A Quinta Nova da Assunção, em Belas, propriedade da Câmara Municipal de Sintra, tem estado fechada ao público. Mas, a partir de dia 12 junho, as suas portas vão abrir-se para uma experiência tão arrepiante quanto estimulante.

Bilhetes custam 10 euros e visitas duram 50 minutos.

Com a responsabilidade da Associação Cultural e Teatral Reflexo, que em 2011, estreou em Portugal o conceito de visitas guiadas a uma casa assombrada em Lisboa, a experiência tem o apoio da Câmara Municipal de Sintra.

O Teatro Reflexo nasceu em 2001 com o objetivo de “reinventar” o teatro que se faz em Portugal. “Pensamos o Teatro de outra forma, fora dos moldes e paradigmas instituídos à sua volta ao longo dos anos”, lê-se na sua página na Internet.

Para este grupo, “o ponto de partida é o público – desenvolvemos trabalhos que pretendem envolver, emocionar, tocar no outro de forma clara e direta”, acrescentando que e a ideia é “proporcionar experiências arrebatadoras em vez de contribuir para a fomentação da ideia de que o teatro está ultrapassado e que serve apenas uma elite de intelectuais ou os curiosos que querem ver figuras mediáticas ao vivo.”

Veja aqui quais as peças que fez o Teatro Reflexo.

Os interessados devem inscrever-se em reservas.casassombrada@gmail.com, e preparar-se para entrar numa experiência de grupo sobre o medo, em que a coragem será posta à prova. Entre muito suspense, sustos, alguns gritos, o que interessa, no final, é encontrar a saída da casa.

Assim, todas as sextas e sábados, entre as 21h30 e as 24h, o público mais corajoso poderá visitar este palacete do século XIX, com mais de 25 assoalhadas e extensos jardins, e ouvir histórias reais da casa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

Angela Merkel e Donald Trump. Fotografia: REUTERS/Kevin Lamarque

FMI corta crescimento da Alemanha, mas Espanha ainda compensa

Outros conteúdos GMG
Tem coragem para visitar uma casa assombrada? Então, entre nesta