Tem pouco tempo para o ginásio? Esta secretária pode ser a solução

30 minutos é o tempo que demora a carregar um iPhone na WeBike
30 minutos é o tempo que demora a carregar um iPhone na WeBike

Já pensou na vantagem de uma secretária que o deixa trabalhar, carregar o seu telemóvel e, ao mesmo tempo, fazer exercício? Agora isso é possível, graças à nova WeBike.

As secretárias, que já estão disponíveis, sobretudo em espaços públicos – no aeroporto Schiphol de Amesterdão, Holanda, e na estação de comboios de Lyon, França, por exemplo – permitem carregar aparelhos eletrónicos enquanto pedala.

Leia também:Trabalha sentado o dia inteiro? Estes arquitetos pensaram numa solução

30 minutos é o tempo que demora a carregar um iPhone na WeBike, “o mesmo número de minutos que as associações aconselham a praticar exercício para bem da sua saúde”, afirmou Katarina Verhaegen, a engenheira que desenvolveu a bicicleta.

A ideia original é de Patricia Ceysens, membro do governo flamengo, que não conseguia ter tempo para praticar exercício após um longo dia de trabalho. A invenção teve tanto sucesso que a ministra decidiu abrir uma empresa, a WeWatt, para produzir mais unidades.

Inicialmente, o objetivo destas secretárias era criar energia, contribuindo para ajudar o planeta. No entanto, ao colocar WeBikes “nos escritórios, o principal objetivo a atingir vai ser a saúde [das pessoas]”, garante Verhaegen.

E as vantagens não ficam por aqui. “Há estudos que provam que fazer exercícios ligeiros enquanto se trabalha ao computador ajudam à concentração e criatividade”.

A versão da WeBike específica para escritórios, que vai ser lançada ainda este ano, vai contar com novas características. “Pode ir para casa sem se preocupar com o ginásio”, diz Katarina Verhaegen.

As secretárias, fabricadas numa empresa local que emprega pessoas com deficiência, aposta na manufatura. Porém, apesar da utilização de produtos e materiais locais, os custos das WeBike são elevados: cada uma destas secretárias tem um preço de, aproximadamente, 9675 euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa Fotografia: Rodrigo Cabrita / Global Imagens

Medidas do Banco de Portugal para travar riscos no imobiliário são “adequadas”

Lisboa Fotografia: Rodrigo Cabrita / Global Imagens

Medidas do Banco de Portugal para travar riscos no imobiliário são “adequadas”

António Mexia, CEO da EDP. (Fotografia: Sara Matos / Global Imagens)

EDP assina compromisso para limitar aquecimento global a 1,5°C

Outros conteúdos GMG
Tem pouco tempo para o ginásio? Esta secretária pode ser a solução