Apple

Tim Cook diz que as apps vão tornar o Apple Watch tão essencial quanto o iPhone

Tim Cook, CEO da Apple
Tim Cook, CEO da Apple

Tim Cook não tem dúvidas de que as aplicações personalizadas vão distanciar o Apple Watch de qualquer produto semelhante no mercado e torná-lo num dispositivo tão essencial quanto o iPhone.

“Muitas coisas são chamadas de smartwatches, mas não tenho a certeza de que consiga nomear alguma”, disse, na terça-feira, o CEO da Apple, que falava numa conferência tecnológica promovida pela Goldman Sachs.

“Certamente, não há nenhum que tenha mudado a forma como as pessoas vivem as suas vidas. É isso que queremos fazer”, garantiu, citado pelo portal Recode.

Os consumidores serão, por isso, surpreendidos com o que o Apple Watch será capaz de fazer, acredita Tim Cook. E exemplifica: “Uso o meu no ginásio para controlar a minha atividade. Se me sento durante muito tempo, o relógio dá-me um toque no pulso para eu me levantar e mexer”.

O Apple Watch enfrenta um enorme desafio, já que funcionará melhor quando conectado ao iPhone, limitando o potencial de mercado. Mas Tim Cook salienta o crescimento que a empresa tem conseguido na China, onde, em cinco anos, as receitas subiram de 883 milhões de euros para 33,5 mil milhões.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Pedro Fernandes

Há mais de 500 mil imóveis a pagar “imposto Mortágua”

(Foto Frank Rumpenhorst / dpa / AFP) / Germany OUT

Mercados resistem apesar dados económicos mais fracos desde a Grande Depressão

empresas

Covid-19. Ordem dos Contabilistas quer 100 milhões para as microempresas

Tim Cook diz que as apps vão tornar o Apple Watch tão essencial quanto o iPhone