Mobile World Congress

Tudo ligado: o melhor da tecnologia móvel na feira de Barcelona

A Gear Fit é da Samsung
A Gear Fit é da Samsung

A Nokia surpreendeu toda a gente com os primeiros smartphones Android, a Samsung revelou o seu novo topo de gama S5 e a LG foi eleita a fabricante mais inovadora do ano.

Mas para lá dos grandes momentos do Mobile World Congress de Barcelona, a maior feira mundial de tecnologia móvel, há gadgets e aplicações inovadoras que vale a pena conhecer. Se alguma coisa ficou clara nesta feira, que decorreu na semana passada, é que a ideia de “internet das coisas” já não é um chavão para o futuro. Está tudo a ficar ligado – até a escova de dentes – e a verdade é que, o que puder tornar-se inteligente, irá tornar-se inteligente. É tudo uma questão de tempo, e preço.

Um gadget para cães

O mercado dos gadgets para monitorizar a saúde e o exercício físico está a explodir, com relógios e pulseiras para todos os gostos (e carteiras). Do que não estávamos à espera era de uma versão canina desta febre. Mas a operadora japonesa NTT DoCoMo resolveu essa falha, com a Pet Fit Tag. É um pequeno aparelho que se encaixa na coleira do cão e regista quando o animal está em movimento ou a dormir, monitorizando os seus exercícios diários. Na informação enviada para o smartphone do dono consta se o cão está a dormir o suficiente, quantospassos deu, quantas calorias ingeriu e qual a temperatura ambiente. Vai primeiro para o mercado japonês, em março.

Escovar os dentes com ajuda high-tech

Tantos anos de experiência e parece que ainda não sabemos escovar os dentes corretamente, durante o tempo necessário. É o que dizem os dentistas e o motivo que levou a Oral-B a lançar a SmartSeries 7000, uma escova de dentes com Bluetooth 4.0 que se liga ao iPhone e dá feedback em tempo real ao utilizadores, através de uma aplicação. Regista as escovagens diárias, dados que podem ser partilhados com o dentista, para que este corrija eventuais erros e desenhe um plano de lavagens adequado. A escova inclui um sensor de pressão, para avisar quando se está a escovar com muita força. O preço? À volta de 200 euros.

Impressões digitais a pedido

Códigos numéricos e ficheiros protegidos é tão 2013. A marca asiática FingerQ inventou uma capa para telemóvel com um leitor de impressões digitais integrado. Mas isto não serve apenas para desbloquear o aparelho – nem é a função principal. A ideia é proteger comunicações. Imagine que envia um documento, uma mensagem, um email ou um vídeo que quer garantir que não é visto por mais ninguém salvo o destinatário.

Com esta tecnologia, só a impressão digital certa pode visualizar o conteúdo. Além de uma capa de proteção, a FingerQ também tem um leitor portátil que se liga ao conector de energia do aparelho e faz a mesma função. É possível ainda bloquear conteúdos dentro do smartphone, para que só quando entre com a sua impressão digital eles sejam visíveis. A empresa disse ao DN que a tecnologia estará disponível para o mercado português, através da loja online que será lançada em abril.

Estilo de vida

O fitness pode estar na moda, mas raramente os relógios e pulseiras para monitorizar exercício são os últimos gritos da moda. Por isso foi tão surpreendente esta novidade da Samsung: quando estava toda a gente ocupada com o Galaxy S5 e os relógios inteligentes, a marca apresentou a Gear Fit, uma pulseira que também desdobra como relógio.

O ecrã é curvo, o design muito mais elegante que os relógios Galaxy Gear e não usa Android nem Tizen – é um sistema operativo muito simples, que gasta bem menos bateria e com aplicações dedicadas. Monitoriza o exercício, o sono, os batimentos cardíacos e o número de passos dados. Liga-se ao smartphone e pode apresentar, no ecrã, emails, chamadas e notificações. Vai ser lançada no final de março, mas não tem ainda preço confirmado.

Comunicar com o ecrã bloqueado

Uma das aplicações mais interessantes lançadas na feira é portuguesa. A LokLok,
exclusiva para telemóveis com Android, permite comunicar com uma pessoa
ou um grupo restrito de pessoas sem desbloquear o telemóvel. Tudo
acontece no ecrã bloqueado: “O seu telemóvel tem um ecrã bloqueado,
certo? Pois este é um ecrã bloqueado conectado”, explica o criador,
Kwame Ferreira.

“Se eu partilhar isto com a minha mulher, posso
escrever “traz leite”, tirar uma foto do leite que quero e, assim que
ela liga o telemóvel, vai-lhe aparecer o que partilhei.” Não é preciso
ir a uma aplicação nem desbloquear o telemóvel. A app é gratuita,
garante a segurança das comunicações e está disponível na Google Play.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

PERFIL: Américo Amorim, o homem que construiu um império

PERFIL: Américo Amorim, o homem que construiu um império

ricardo4

Ricardo Salgado: “Vou lutar até ao fim. Eles estão a perceber isso”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Tudo ligado: o melhor da tecnologia móvel na feira de Barcelona