Universidades britânicas recrutam alunos em Portugal

ng3318221

Universidades britânicas recrutam futuros alunos entre os estudantes do ensino secundário portugueses.O processo é intermediado por empresas nacionais , que cobram um valor a rondar os 500 euros, mas garantem a isenção de propinas, que só começam a ser pagas quando os beneficiários ganham mais de 25, 5 mil euros por ano.

Leia também: Estudar não chegava. Abriram empresa de limpeza

André Rosendo, 27 anos, é o fundador da OK Estudante, uma das pioneiras nesta oferta, e diz ao DN que atualmente coloca “mais de 200 alunos” por ano, contando já cerca de um milhar desde que começou ,em 2008, acabado de se formar em Design no Reino Unido. Diz que o projeto nasceu como”uma iniciativa social”, para partilhar o método que lhe tinha permitido tirar o seu curso em Cambridge. Parte do seu trabalho envolve dar palestras em escolas secundárias públicas.

Leia mais no epaper e na vesão em papel do DN de hoje

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Patrick Drahi, fundador da Altice

Altice. Dona da PT confirma conversações para compra da TVI

Tesouro italiano coloca milhões a taxas de juros mínimas

Governo italiano aprova resgate de dois bancos à beira da falência

António Serrano, nos estúdios da TSF. Professor catedrático e político português, foi Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas do XVIII Governo Constitucional de Portugal.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

António Serrano: “É preciso um choque de gestão no território florestal”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Universidades britânicas recrutam alunos em Portugal