Usar telemóvel e conduzir aumenta 23 vezes o risco de acidente

ng4472858

Sabia que o tempo de reação de um jovem que esteja a conduzir e a utilizar o telemóvel, é o mesmo que uma pessoa de 70 anos que conduza sem estar ao telemóvel? E que escrever mensagens ao volante, aumenta até 23 vezes o risco de acidente, calculando-se que o condutor tira, em média, 5 segundos os olhos da estrada por cada mensagem?

Foi para combater esta realidade preocupante que a Brisa, em parceria com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, a participação das três operadoras (MEO, NOS e Vodafone) e o apoio da MCR, lançou a campanha “Não use o telemóvel enquanto conduz”.

Desenvolvida pela agência Partners, a campanha assenta na ideia de que a utilização de telemóvel pode provocar acidentes graves. Isto, porque os dados assim o comprovam. Portugal é um dos países do mundo onde há registo de maior intensidade de utilização de telemóvel ao volante: 31% dos portugueses admitem enviar e ler SMS enquanto conduzem e 59% admitem falar ao telemóvel enquanto conduzem.

2

Estes dados fazem com Portugal seja um dos piores exemplos no que diz respeito a falar ao telemóvel durante a condução, enquanto, no Reino Unido, por exemplo, a percentagem é de 20%.

Ver também: Conduzir e enviar SMS. O resultado é brutal

Só em 2014, foram multados 22 mil automobilistas por utilizarem o telemóvel en quanto conduziam. Recorde-se que a utilização destes equipamentos está classificada no Código da Estrada como contraordenação grave, com multa entre 120 e 600 euros e perda da carta entre seis meses e um ano.

A mensagem está dividida em três temas: SMS, e-mail e chamadas telefónicas (com base em estatísticas). O ícone do volante sobreposto ao telemóvel funciona como sinal de proibição de utilização e será utilizado na substituição dos actuais topos de portagem.

Toda a campanha será suportada por uma página no sítio da Brisa na Internet, onde podem ser consultadas várias informações e conselhos dedicados ao tema do uso do telemóvel na condução.

A divulgação desta campanha será efectuada nos próprios meios da Brisa, na rede MOP, televisão, rádio, internet e imprensa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A Loja das Conservas tem um restaurante para promover o consumo deste produto. Fotografia: Leonardo Negrão/Global Imagens

Turistas fazem disparar vendas de conservas portuguesas

Miguel Gil Mata,  presidente executivo, da Sonae Capital, nos estúdios da TSF.
Foto: Reinaldo Rodrigues/Global Imagens

Sonae reduz portefólio Imobiliário e investe em Energia

Fotografia: DR

Elliott quer EDP nas renováveis. Mas tem forçado vendas nos EUA

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Usar telemóvel e conduzir aumenta 23 vezes o risco de acidente