Dinheiro Vivo Made in Portugal

Vestas. Conheça o centro de Matosinhos do gigante dinamarquês do setor eólico

A carregar player...

No DV Made in Portugal desta semana conheça o Centro de Design do Porto da multinacional Vestas, ligada ao setor eólico

Chama-se Vestas Design Centre Porto e é o centro de investigação para desenvolvimento de tecnologia para aerogeradores da multinacional dinamarquesa que fica em Matosinhos. Jorge Magalhães, vice-presidente do centro explica-nos que o espaço que abriu em 2017 foi construído à imagem do principal, na Dinamarca.

Fundada em 1945 e já com 15 mil trabalhadores, mais de 400 em Matosinhos, a gigante dinamarquesa é considerada a maior companhia mundial produtora de turbinas de energia eólica.

Em Matosinhos tentam trazer inovação para todo o ecossistema da empresa para desenvolver novos aerogeradores. Por lá têm uma equipa muito completa com experiências muito diferentes.

O melhor é ver o vídeo.

Veja ou reveja os 12 primeiros episódios do Dinheiro Vivo Made in Portugal:

Episódio 1. Como se faz o papel higiénico “mais sexy do mundo”

Episódio 2. O ‘segredo do sucesso’ da portuguesa WeDo Technologies

Episódio 3. Vale da Rosa: o sucesso do sabor da uva sem grainha

Episódio 4. Autónomos vão circular em dez anos. Palavra de Bosch

Episódio 5. Fladgate Partnership: A empresa por detrás do Taylor’s e o The Yeatman

Episódio 6. Super Bock Group. Triunfo da aliança Violas-Carlsberg em 50 países

Episódio 7. ETMA Metal Parts. Aqui se fazem as peças-chave da indústria

Episódio 8. Delta: grão a grão, onde chegou este café português?

Episódio 9. Easypay. Conheça o especialista em pagamentos eletrónicos rápidos

Episódio 10. Via Verde. Um ecossistema muito além das auto-estradas

Episódio 11. Klaveness, a empresa norueguesa que faz sapatos por medida a partir de Portugal

Episódio 12. Conheça a GLN, a rainha dos moldes do mundo automóvel a partir da Marinha Grande

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

João Cadete de Matos, presidente da Anacom

Fotografia: Vítor Gordo/D.R.

Anacom “considera essencial” redução de preços no acesso à Internet

Outros conteúdos GMG
Vestas. Conheça o centro de Matosinhos do gigante dinamarquês do setor eólico