Vista Alegre lança Coralina. Serviço assinado por Oscar de La Renta

Serviço Coralina, por Oscar de La Renta
Serviço Coralina, por Oscar de La Renta

A Vista Alegre arrecadou dois Red Dot Award: Product Design 2015, os Óscares do Design, com o serviço Orquestra, já reconhecido com o prémio Best Coffee and Cake da revista Wallpaper, e com a caixa de porcelana Plissé. 38 profissionais do design avaliaram 4928 inscrições, de 56 países. Mas o que faz uma marca com 190 anos ganhar prémios de design?

Ler também: Nuno Barra: “Não lançamos produtos se não forem relevantes do ponto de vista de design e artístico”

O foco no “fator de competitividade”, responde prontamente Nuno Barra, diretor de marketing da Vista Alegre, frisando: “Mais do que isso, o design é uma questão de sobrevivência.” Esta, aliás, tem sido a estratégia que a Vista Alegre reforçou e levou para novos territórios quando foi comprada em 2009, pelo grupo Visabeira.

No início, houve receio de que um público habituado a peças clássicas não aceitasse o caminho contemporâneo do design. Mas a aposta no design, na inovação e nas parcerias fez que o público ficasse cada vez mais curioso em relação às novidades. “A Vista Alegre não é só clássica, claro que essas raízes estão lá, mas o engraçado é que os clientes perguntam-nos insistentemente o que vai ser o próximo lançamento”, explica Nuno Barra.

E ao Dinheiro Vivo revela, em primeira mão, que a Vista Alegre vai lançar muito brevemente um serviço de mesa com a assinatura da casa do designer de moda norte-ameriano Oscar de La Renta, falecido em outubro de 2014. Veja aqui.

O diretor de marketing da Vista Alegre explica que esta novidade é também o resultado das várias parcerias globais com designers consagrados. “É uma forma importante para introduzir o contemporâneo de forma pacífica e consensual”, diz.

A colecção estará disponível na loja online www.myvistaalegre.com e na rede de lojas nacional da Vista Alegre Atlantis. Os preços em Portugal variam entre 10,5euro (prato de doce) e 145euro (terrina).

Uma das mais conhecidas parcerias foi com a casa francesa Christian Lacroix para a criação de quatro coleções de mesa e peças decorativas. Apresentadas em Paris, um dos principais centros de tendências e onde a Vista Alegre é líder, estas coleções destinam-se sobretudo aos mercados que fazem parte do processo de internacionalização da marca. Tal como o serviço de Oscar de La Renta serve para alavancar a Vista Alegre no mercado norte-americano.

Mas a Vista Alegre também tem trabalho desenvolvido com jovens esperanças do design, sobretudo através do ID Poll. Com quatro anos de atividade, este projeto consiste em a Vista Alegre receber jovens designers de todo o mundo para trabalharem em conjunto no desenvolvimento de peças. É o caso do serviço “Transatlântico”, criado por um designer brasileiro, que é um best seller da Vista Alegre.

A Vista Alegre retira dos mercados externos 62% da sua faturação. Nuno Barra destaca os principais mercados: EUA, Espanha (lojas em Madrid e Barcelona), Brasil (duas lojas em São Paulo, e depois Rio de Janeiro e Belo Horizonte). Uma estratégia de expansão que é para continuar de forma sustentada e aliada ao design, claro.

A Vista Alegre foi criada em 1824 por José Ferreira Pinto. A companhia foi comprada em 2009 pelo grupo Visabeira. Hoje, a Vista Alegre emprega 1720 trabalhadores e faturou 65,2 milhões de euros em 2014.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Imagem DVfinal

Uma ideia para o futuro de Portugal

José Galamba de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Seguradores. (PAULO SPRANGER/Global Imagens)

“Catástrofes mais frequentes vão tornar os seguros mais caros”

(Joao Silva/ Global Imagens)

Transição das rendas antigas acaba. Cem mil famílias vão pagar mais

Outros conteúdos GMG
Vista Alegre lança Coralina. Serviço assinado por Oscar de La Renta