Escolhe a tua carreira

Profissões de que nunca ouviste falar: especialista em Smart Cities

FOTO: Stefano Corso / Wikimedia Commons
FOTO: Stefano Corso / Wikimedia Commons

Se tens queda para os conhecimentos avançados em Tecnologia da Informação e gostarias de tornar as cidades sustentáveis, isto pode ser para ti

Chegada aquela altura do ano em que os estudantes, sobretudo do 9º e 12º ano, têm de fazer opções que ditam o seu futuro profissional, a plataforma Design the Future, com o apoio do Santander Universidades, decidiu ajudar.

Desta vez, dando-te a descobrir o que é um especialista em Smart Cities. Se vires o vídeo e consultares a respetiva página da plataforma, vais perceber que este profissional é responsável pelo desenvolvimento de cidades inteligentes. Isto é, pela criação e ” demonstração de soluções integradas de planeamento e gestão, capazes de responder, de forma criativa e inovadora, a necessidades e problemas urbanos, com potencial de replicação noutras cidades”.

Na página da plataforma Design the Future relativa a esta atividade vais também descobrir o perfil ideal que têm de ter este tipo de especialistas e ver onde onde te podes formar para fazeres da criação de Cidades Inteligentes a tua profissão.

A carregar player...
Já sabes o que queres ser no futuro? Descobre aqui o que é um... Especialista em Smart Cities

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O ministro das Finanças, Mário Centeno (C), acompanhado pelos secretários de Estado, da Administração e do Emprego Público, Maria de Fátima Fonseca (E), dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes (2-E), do Orçamento, João Leão (2-D), e do Tesouro, Álvaro Novo (D), fala durante conferência de imprensa sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), realizada no Salão Nobre do Ministério das Finanças, em Lisboa, 16 de outubro de 2018. Na proposta de OE2019, o Governo estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,2% no próximo ano, uma taxa de desemprego de 6,3% e uma redução da dívida pública para 118,5% do PIB. No documento, o executivo mantém a estimativa de défice orçamental de 0,2% do PIB no próximo ano e de 0,7% do PIB este ano. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Conheça as principais medidas do Orçamento do Estado para 2019

O ministro das Finanças, Mário Centeno (C), acompanhado pelos secretários de Estado, dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes (E), do Orçamento, João Leão (2-D), e o Adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix (D), fala durante conferência de imprensa sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), realizada no Salão Nobre do Ministério das Finanças, em Lisboa, 16 de outubro de 2018. Na proposta de OE2019, o Governo estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,2% no próximo ano, uma taxa de desemprego de 6,3% e uma redução da dívida pública para 118,5% do PIB. No documento, o executivo mantém a estimativa de défice orçamental de 0,2% do PIB no próximo ano e de 0,7% do PIB este ano. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Dos partidos aos sindicatos, passando pelo PR, as reações ao OE 2019

Outros conteúdos GMG
Profissões de que nunca ouviste falar: especialista em Smart Cities