Evento desportivo

Jogos Europeus Universitários em Coimbra a partir de dia 15

A mascote dos EUG Coimbra 2018 já anda pela Cidade dos Estudantes a incentivar atletas. FOTO. EUG Coimbra 2018
A mascote dos EUG Coimbra 2018 já anda pela Cidade dos Estudantes a incentivar atletas. FOTO. EUG Coimbra 2018

O evento multidesportivo acolhe 4.000 atletas, de 300 universidades de 40 países, que vão disputar 13 modalidades até ao dia 28 de agosto

Depois de ter passado por Espanha, Holanda e Croácia, Portugal é este ano o anfitrião dos Jogos Europeus Universitários (EUG, na sigla inglesa). A partir deste domingo, 15 de julho, e até ao dia 28, Coimbra é a sede da 4ª edição deste evento multidesportivo, em que vão participar 4.000 atletas, de 300 universidades de 40 países, para disputar 13 modalidades. Antes disso, logo a 14-15 de julho, a Conferência de Reitores dará o pontapé de saída dos EUG Coimbra 2018

É o maior evento multidesportivo alguma vez realizado em Portugal. Os EUG Coimbra 2018 vão pôr quatro milhares de atletas, de ambos os sexos, em competição em mais de uma dezena de modalidades. Em campo, vão estar torneios de andebol, basquetebol, basquetebol 3X3, futebol, futsal, râguebi sevens e voleibol. Metendo raquetes, haverá competições de badmínton, ténis e ténis de mesa, a que se juntam as provas de canoagem sprint, judo e remo. E, para garantir que tudo corre bem, Coimbra vai ter em campo 1.000 voluntários formados para o efeito.

“Este é um evento único para o nosso país e em particular para a cidade de Coimbra”, afirma Mário Santos, secretário-geral do Comité Organizador dos EUG 2018. Segundo o responsável, os Jogos Europeus Universitários irão “deixar um legado na cidade que garantirá condições de excelência para os estudantes universitários apostarem tanto na sua formação académica como desportiva”.

O ténis de mesa é uma das modalidades em competição nos EUG Coimbra 2018. O apuramento dos tenistas nacionais aconteceu há alguns meses. FOTO: EUG Coimbra 2018

O ténis de mesa é uma das modalidades em competição nos EUG Coimbra 2018. O apuramento dos tenistas nacionais aconteceu há alguns meses. FOTO: EUG Coimbra 2018

A organização dos Jogos implicou um investimento de cerca de quatro milhões de euros na renovação das infraestruturas desportivas, particularmente nos equipamentos desportivos do Estádio Universitário da cidade, que foi requalificado, bem como os pavilhões 1, 2 e 3 do complexo. A par da Universidade de Coimbra, nesta iniciativa, está o Banco Santander Totta, que é o principal mecenas dos EUG 2018.

“Ter uma instituição como o Santander Totta a apoiar-nos, no âmbito do seu projeto Santander Universidades, é o reconhecimento da importância deste evento dada a relevância deste projeto em termos do Ensino Superior nacional”, afirmou Mário Santos.

Para o Santander, nunca houve dúvidas quanto à mais-valia desta iniciativa. “O objetivo principal sempre foi apoiar os jovens, capacitando-os ao nível de competências e valores, por isso, é natural este apoio aos Jogos Europeus Universitários, tendo em conta que o desporto é uma forma de desenvolvimento pessoal e de atitudes”, disse Marcos Soares Ribeiro, diretor-coordenador do Santander Universidades. “Por outro lado, com estes eventos, estamos a contribuir para a excelência das Universidades que têm, como se sabe, um papel fundamental na formação de novas gerações”, concluiu.

Video mapping e mais…

A par das competições desportivas, os EUG Coimbra 2018 vão ter outras atividades de animação e convívio. No programa previsto inclui-se a Conferência de Reitores e a projeção de espetáculos de video mapping nas fachadas mais emblemáticas da UC.

A partir de sexta-feira, 13 de julho, e ao longo do fim de semana João Gabriel Silva e Amílcar Falcão, respetivamente reitor e vice-reitor da Universidade de Coimbra, vão receber altos responsáveis do mundo do desporto universitário e académico, nacionais e estrangeiros. No sábado, a partir das 9h30, estes especialistas vão debater as questões mais prementes relacionadas com os estudos académicos e a sua conjugação com vida desportiva, como se pode constatar no programa da conferência divulgado.

O video mapping é outra iniciativa que anima as noites dos EUG Coimbra 2018. A projeção dos dois filmes previstos vai decorrer todas as noites, de 16 a 21 de julho, às 22h e 23h, o Pátio das Escolas da Universidade de Coimbra.

O programa repõe a exibição de “UC: Uma História de Luz”, espetáculo criado em 2015 no âmbito das comemorações do 725.º aniversário da UC, a que se juntará “A Luz do Jogo”, um espetáculo de multimédia inédito dedicado ao desporto universitário. Os bilhetes custam entre 2 e 3 euros e estão à venda no Teatro Académico de Gil Vicente e online.

Quanto aos jogos propriamente ditos, serão lançados com convívio e uma cerimónia oficial de inauguração, logo no domingo, dia 15. Às 17h30, está marcado um jantar volante para os participantes, no Átrio das Químicas, com música, jogos e passatempos. A partir das 19h00, o Jardim Botânico serve de palco para um jantar de receção dos convidados da Universidade de Coimbra. E às 21hoo, participantes e convidados juntar-se-ão no Paço das Escolas para a cerimónia de abertura. Que comecem os Jogos!

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens

Cláudia Azevedo. Quem é a mulher que vai mandar na Sonae?

Rui Rio e António Costa em conferência TSF

PSD vai abster-se na votação que altera leis laborais

O antigo ministro da Economia, Manuel Pinho, durante a sua audição na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, sobre o seu alegado relacionamento, enquanto Ministro da Economia e da Inovação, e o setor privado, Assembleia da República em Lisboa, 17 de julho de 2018. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Pinho: “Não tenho conhecimento de conversas entre Sócrates e Salgado”

Outros conteúdos GMG
Jogos Europeus Universitários em Coimbra a partir de dia 15