Seminário

Universidade dos EUA veio a Lisboa conhecer melhor a economia portuguesa

Os estudantes de Bentley foram recebidos na sede do Banco Santander por Rui Constantino (4º a contra da esq.), economista-chefe deste banco, e Cristina Dias Neves (5ª a contar da esq.), diretora do Santander Universidades. Acompanhando os alunos esteve o professor Claude Cicchetti (1º à esq.), professor e diretor da pós-graduação em Finanças de Bentley. FOTO: DR/Santander Universidades
Os estudantes de Bentley foram recebidos na sede do Banco Santander por Rui Constantino (4º a contra da esq.), economista-chefe deste banco, e Cristina Dias Neves (5ª a contar da esq.), diretora do Santander Universidades. Acompanhando os alunos esteve o professor Claude Cicchetti (1º à esq.), professor e diretor da pós-graduação em Finanças de Bentley. FOTO: DR/Santander Universidades

Especialistas do Santander falaram da evolução económica do país num seminário organizado para os 31 pós-graduados da Universidade de Bentley

Analisar a evolução da economia portuguesa nos últimos 20 anos e o atual cenário macroeconómico do país. Foi isto que 31 alunos de pós-graduação da Universidade de Bentley, sedeada em Boston, nos EUA, vieram fazer a Portugal e à sede do Banco Santander, em Lisboa, esta segunda-feira, dia 11 de março.

As três dezenas de estudantes (mais um) estão a completar a sua pós-graduação na área de Gestão e Digital e foram recebidos por Rui Constantino, economista-chefe do Banco Santander, e por Cristina Dias Neves, diretora do Santander Universidades. Rui Constantino foi o orador principal do seminário que se seguiu, sobre a evolução da economia portuguesa ao longo das últimas duas décadas.

A acompanhar os alunos veio Claude Cicchetti, professor e diretor da pós-graduação em Finanças da prestigiada instituição norte-americana. A visita a Portugal decorreu entre os dias 11 e 14 de março e os visitantes não ouviram falar apenas de temas económicos: o seminário de segunda-feira foi antecedido por uma introdução geral à história de Portugal e ao clima macroeconómico que se vive no país, na sequência da crise financeira de 2008 e subsequente recessão.

Desde 2011 que o grupo da Bentley University mantém relações próximas com o Santander Universidades, proximidade essa que esteve na origem da presente visita.

O economista-chefe do Banco Santander Portugal, Rui Constantino, foi orador no seminário organizado na sede do banco para os estudantes da Universidade de Bentley. FOTO: DR / Santander Universidade

O economista-chefe do Banco Santander Portugal, Rui Constantino, foi orador no seminário organizado na sede do banco para os estudantes da Universidade de Bentley. FOTO: DR / Santander Universidade

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa (E) e Charles Michel (D). Fotografia: EPA/JOHN THYS

Costa. Orçamento de Charles Michel é para os “países forretas”

A companhia portuguesa teve ontem de colocar os viajantes noutros voos. foto: Global Notícias

TAP estuda soluções para passageiros nos voos com Venezuela

O ministro das Finanças, Mário Centeno, com o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Portugal melhora transparência financeira, mas ainda tem nota negativa

Universidade dos EUA veio a Lisboa conhecer melhor a economia portuguesa