Solidariedade

Semana de voluntariado do IPCA termina com mega-caminhada

IMAGEM: IPCA
IMAGEM: IPCA

A inscrição custa cinco euros e as receitas realizadas vão reverter para o Fundo de Emergência dos Serviços de Ação Social do IPCA

Termina este sábado, 1 de junho, a Semana do Voluntariado do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), iniciativa organizada pelos Serviços de Ação Social desta instituição, com o apoio do Santander Universidades. O ponto final é colocado com a Caminhada Solidária, que vai da Póvoa do Varzim a Esposende, num percurso de 12,6 km ao longo da costa. Para os interessados, a concentração antes da partida é no Campus do IPCA, o valor da inscrição é de cinco euros e vai reverter a favor do Fundo de Emergência do IPCA.

A Semana do Voluntariado do IPCA prevê vários dias de iniciativas que “visam a aquisição de uma maior consciência social e a sensibilização para práticas de cidadania ativa e voluntariado”, explicou o instituto em comunicado. Assim, além da colaboração dos estudantes do IPCA na Campanha Nacional de Recolha de Alimentos do Banco Alimentar Contra a Fome, no Continente de Barcelos, nos dias 25 e 26 de maio, houve mostras, saraus, tertúlias e até um dia de recolhas de sangue e de medula óssea.

Até 31 de maio, por exemplo, estão patentes no corredor do Edifício G (ESG), a Exposição “Eu sou de GAT e sou VOLUNTÁRIO! E tu?! Junta-te a NÓS!” e a exposição de fotografia “Olhar, sentir e agir”, que reuniu um conjunto de fotografias tiradas em contextos mais desfavorecidos.

A Semana de Voluntariado do IPCA veio também facilitar a vida daqueles que pretendiam ter uma cidadania mais ativa e não sabiam como dar o primeiro passo. Graças à Mostra de Entidades Promotoras de Voluntariado existentes em Barcelos, uma organização do banco local de voluntariado, foi possível ficar a conhecer as instituições deste concelho que recebem voluntários.

E o Sarau Cultural “Solidários vamos ser, para a Rosita feliz crescer!”, que decorreu no Auditório do Edifício J – Auditório Eng. António Tavares do IPCA, na noite de 27 de maio, dedicou as receitas de bilheteira para fins de solidariedade, mas fora do país. No caso, o montante cobrado reverteu a favor do apadrinhamento da Rosita, uma criança órfã de Moçambique, no âmbito do projeto Padrinhos D’África (APD).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

Ministro das Finanças, Mário Centeno, na Católica Porto Business School. Fotografia:  Igor Martins / Global Imagens

Mário Centeno quer mais exigência nos benefícios fiscais

Outros conteúdos GMG
Semana de voluntariado do IPCA termina com mega-caminhada