U.Coimbra

31 embaixadores para o empreendedorismo empossados

Os 31 embaixadores para o empreendedorismo d a U.Coimbra, após a tomada de posse, junto do reitor da universidade, Amílcar Falcão (ao centro), e da diretora do Santander Universidades, Cristina Dias Neves (à esq. do primeiro). FOTO: D.R. / Académica Start UC
Os 31 embaixadores para o empreendedorismo d a U.Coimbra, após a tomada de posse, junto do reitor da universidade, Amílcar Falcão (ao centro), e da diretora do Santander Universidades, Cristina Dias Neves (à esq. do primeiro). FOTO: D.R. / Académica Start UC

Tomada de posse ocorre após dois dias de capacitação, em que os embaixadores passaram por um curso intensivo para melhor desempenharem o seu mandato

Tomaram posse, esta quinta-feira, 19 de setembro, os novos “diplomatas” da Rede de Embaixadores para o Empreendedorismo da Académica Start UC, iniciativa realizada com o apoio do Santander Universidades. O seu mandato tem a duração de um ano, ao longo do qual os jovens empossados vão promover a inovação e o empreendedorismo junto dos colegas e de diversas entidades.

A cerimónia contou com a presença do reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão, e da diretora do Santander Universidades, Cristina Dias Neves. Esta 4ª edição da Rede de Embaixadores para o Empreendedorismo vê aumentar o seu número de “diplomatas” de 26 para 31, ao acrescentar aos habituais alunos de licenciatura cinco estudantes de doutoramento.

A iniciativa estende-se também, pela primeira vez, ao ensino secundário onde foi lançado um desafio para eleger os “diplomatas” do 10º ao 12º ano que melhor defenderem o tema definido para esta edição: os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, tal como definidos pela ONU.

Antes da tomada de posse, na segunda e terça-feira, estes diplomatas do empreendedorismo da U.Coimbra passaram por um processo de capacitação que incluiu “palestras sobre liderança, motivação, trabalho de equipa, importância do erro e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”.

Com estas sessões de capacitação, pretendeu-se que os embaixadores ficassem preparados para serem a cara do seu Núcleo Académico no que respeita à Inovação e o Empreendedorismo. Estes “diplomatas” são responsáveis por promover uma política de proximidade junto dos seus pares, sensibilizando-os, recrutando-os e promovendo eventos locais para a inovação e empreendedorismo.

Nas sessões de capacitação estiveram presentes oradores como Miguel Antunes, cofundador e CEO da Redlight Softwares, Tânia Covas, gestora de projetos na Universidade de Coimbra e cofundadora do projeto Académica Start UC, e Luís Bento Rodrigues, chefe de gabinete na U.Coimbra e também cofundador do projeto Académica Start UC.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Azeites e vinhos portugueses escapam a castigo de Trump

Ilustração: Vítor Higgs

Azeites e vinhos portugueses escapam a castigo de Trump

(REUTERS/Kevin Coombs)

Acordo para o brexit com pouco impacto para Portugal

Outros conteúdos GMG
31 embaixadores para o empreendedorismo empossados