Inovação

Técnico Solar Boat sagrou-se vice-campeão do Mundo no Mónaco

Robin Tomaz foi o piloto de serviço no SR 02, o barco solar de corridas do IST que competiu na 6ª edição do Monaco Solar & Energy Boat Challenge. FOTO: D.R. / Técnico Solar Boat
Robin Tomaz foi o piloto de serviço no SR 02, o barco solar de corridas do IST que competiu na 6ª edição do Monaco Solar & Energy Boat Challenge. FOTO: D.R. / Técnico Solar Boat

o barco de corridas movido a energia solar do Instituto Superior Técnico bateu-se com 34 equipas de 14 países e conquistou o 2º lugar do pódio

O barco solar desenvolvido por alunos do Instituto Superior Técnico (IST) tornou-se vice-campeão do Mundo da sua categoria numa prova que terminou no passado dia 6 de julho, no Mónaco. Ao longo de quatro dias, a 6ª edição do Monaco Solar & Energy Boat Challenge foi disputada em quatro provas, duas das quais o SR (São Rafael) 02, a versão mais recente do bólide de corridas movido a energia solar do IST, conseguiu vencer, conquistando nas outras duas um 2º e um 4º lugar.

“Esta foi a nossa melhor classificação de sempre”, disse em comunicado Dinis Rodrigues, líder da equipa do Técnico Solar Boat, que é composta por um grupo de 33 alunos de diversos cursos de engenharia do Instituto Superior Técnico. “Todo o nosso trabalho, todo o nosso suor, todo o nosso esforço e o incrível sacrifício feito este ano foram recompensados”, afirmou.

No Monaco Solar & Energy Boat Challenge deste ano, a equipa do IST pôs a correr um barco inteiramente construído de raiz, o São Rafael 02. “Este é mais leve, mais rápido e mais eficiente. Tem cerca de 6m de comprimento por 2m de boca”, explicou o líder da equipa.

Entre os dias 2 e 6 de julho, o SR o2 bateu-se com 34 equipas, de 14 nacionalidades. E começou logo como pé direito, vencendo a prova de qualificação, ao fazer a volta mais rápida num percurso com 0,5 milhas náuticas. Com esta prestação, o Técnico Solar Boat garantiu o seu apuramento para a Championship Race, prova em que as corridas são feitas num formato de um contra um. Foi aqui que o SR 02, pilotado por Robin Tomaz, acabou por ficar em 2º lugar numa final renhida contra o recém coroado campeão do Mundo, Sunflare Solar Team, da Holanda.

Na prova de endurance, o SR 02 deu 57 voltas ao percurso de meia milha náutica, classificando-se também em 1º lugar. FOTO: D.R. / Tecnico Solar Boat

Na prova de endurance, o SR 02 deu 57 voltas ao percurso de meia milha náutica, classificando-se também em 1º lugar. FOTO: D.R. / Tecnico Solar Boat

Nos quatro dias de prova, o Técnico Solar Boat teve ainda oportunidade de participar noutras competições, como a de endurance, cujo objetivo é testar a autonomia e a eficiência do barco, prova que o SR 02 também venceu. Durante três horas e, de novo, num percurso de meia milha náutica, o desafio era ver quantas voltas os barcos em competição conseguiam dar. O bólide do IST deu 57 voltas, o que lhe valeu o 1º lugar tanto na sua classe (classe A), com 10 voltas de avanço sobre o 2º, como na classificação global. “Um feito inédito”, afirma a equipa em comunicado.

No slalom, em que a agilidade e manobrabilidade do barco são postos à prova num percurso com várias curvas e contracurvas, o Solar Boat alcançou o 4º lugar ficando apenas a uns segundos de distância do top-3.

O SR 02 sagrou-se, assim, vice-campeão do Monaco Solar & Energy Boat Challenge, uma competição que vai já na sua 6ª edição, organizada em parceria com a Federação Internacional de Motonáutica (UIM) e com a Fundação Prince Albert II do Monaco, e que a equipa do IST classifica como “única no mundo”. No seu entender, ela “oferece um vislumbre do futuro em que todos são vencedores: pesquisadores, académicos, estudantes de engenharia e profissionais que trabalham nos sectores de iates e de energia. Todos estão comprometidos em desenvolver e testar alternativas aos combustíveis fósseis para moldar o futuro da propulsão para os barcos do futuro”, afirmaram no mesmo comunicado.

sentimos que a nossa maior responsabilidade é ao mesmo tempo promover as energias renováveis, a sustentabilidade e a mobilidade elétrica”, Dinis Rodrigues, líder da equipa do Técnico Solar Boat

O Técnico Solar Boat é um projeto a que o IST se vem dedicando já há alguns anos, com vista a desenvolver uma embarcação de competição tripulada, movida exclusivamente a energia solar, que diz ser “único na Península Ibérica”, atualmente. Da iniciativa resultou o SR 01, que deu agora lugar versão mais recente, o SR 02. “Um dos objetivos passa por participar em competições internacionais universitárias realizadas na Holanda e Monaco respetivamente, sendo que, sentimos que a nossa maior responsabilidade é ao mesmo tempo promover as energias renováveis, a sustentabilidade e a mobilidade elétrica”, afirma o líder da equipa.

Dinis Rodrigues sublinha que, tendo em conta ter sido este o 3º ano de competição da equipa do Técncio Solar Boat, a coroação como vice-campeões do Mundo foi algo inesperado. Até porque, segundo conta, não houve muito tempo para testes. Já no Mónaco, a equipa diz ter trabalhado “arduamente, dia e noite”, para tornar o SR 02 competitivo e o resultado está à vista. “Termos a oportunidade de representar Portugal e o Instituto Superior Técnico é um orgulho imenso, uma experiência única e voltarmos para casa com este resultado ficará para sempre nas nossas memórias.

A equipa do Técnico Solar Boat é composta por 33 elementos, todos engenheiros dos diversos ramos existentes no IST. No Mónaco, a equipa pousou junto ao seu SR 02, com o líder, Dinis Rodrigues, ao centro (com o braço sobre o joelho). FOTO: D.R. / Técnico Solar Boat

A equipa do Técnico Solar Boat é composta por 33 elementos, todos engenheiros dos diversos ramos existentes no IST. No Mónaco, a equipa pousou junto ao seu SR 02, com o líder, Dinis Rodrigues, ao centro (com o braço sobre o joelho). FOTO: D.R. / Técnico Solar Boat

O título de vice-campeões não faz os 33 elementos da equipa do Técnico Solar Boat baixar os braços. A próxima época está já a ser planeada e a equipa promete “trabalhar ainda mais arduamente” para levar o SR a ser campeão. Não contentes com isso, para 2020 estes engenheiros do IST ainda elevam mais o desafio. “Para o próximo ano queremos apresentar, além de um barco solar, também um barco movido a hidrogénio”, afirma Dinis Rodrigues, no comunicado que divulgou.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
Técnico Solar Boat sagrou-se vice-campeão do Mundo no Mónaco