StartUp Santander Jovem

Há 50 vagas de estágio à espera de candidaturas de jovens licenciadas

Os licenciados com menos de 28 anos 
são os alvos do Programa StartUp Santander Jovem, que disponibiliza 50 vagas remuneradas. FOTO: Steven Zwerink / Creative Commons
Os licenciados com menos de 28 anos são os alvos do Programa StartUp Santander Jovem, que disponibiliza 50 vagas remuneradas. FOTO: Steven Zwerink / Creative Commons

Os estágios StartUp Santander Jovem são trimestrais e remunerados a 550 euros mensais. As candidaturas só fecham quando as vagas estiverem completas

– A partir de hoje, estão disponíveis 50 estágios em startups portuguesas de vários setores de atividade, que prometem pagar, durante três meses, 550 euros a jovens licenciados. As vagas surgem ao abrigo do recém-criado Programa StartUp Santander Jovem, criado pelo banco em parceria com a Fundação da Juventude, e os interessados terão de se candidatar em formulário digital no site próprio.

O programa inovador destina-se a jovens diplomados há menos de 2 anos, com idade máxima de 28 anos, e o seu grau académico tanto pode ser a simples licenciatura, como o mestrado ou mestrado integrado.

Passado pouco mais de um mês sobre o lançamento da iniciativa, e como foi prometido, a página do Programa StartUp Santander Jovem divulgou já a lista de empresas que disponibilizam os estágios (que pode consultar aqui). As vagas abrangem os mais diversos setores de atividade, desde a Realidade Virtual ao Marketing e à Gestão, passando pelas Tecnologias de Informação, Engenharia Informática, Química, Desenvolvimento de Software, E-Commerce e Investigação, entre muitos outros. Esta e outras informações sobre o programa estão disponíveis em http://ms.fjuventude.pt/startupjovem/.

O programa entra assim na sua segunda fase, já que a primeira – que decorreu entre 11 de outubro e 29 de novembro – foi exclusivamente dedicada à candidatura das empresas interessadas em receber estagiários. As startups agora apuradas para as candidaturas dos estagiários são provenientes dos mais diversos distritos do país, do Porto à Madeira, passando por Aveiro, Braga, Coimbra, Lisboa e Santarém.

Ainda que o programa seja aberto a todas as startups, foi dada preferência a todas aquelas que se encontram inseridas numa Incubadora pertencente à Rede Nacional de Incubadoras (RNI), entidade que, juntamente com a StartUP Portugal, apoiam este programa.

E, como explicou há um mês o presidente da Fundação da Juventude, Ricardo Carvalho, o prazo de candidaturas de alunos e empresas vai manter-se em aberto e estará em constante atualização, até estarem atribuídas as 50 bolsas. Isto significa que aos interessados convém ir consultando periodicamente a lista de empresas com vagas de estágio porque, se aparecerem novas empresas com melhores condições, o rol vai sendo atualizado. Isto porque, segundo o responsável, o objetivo é dar os melhores estágios aos licenciados e os mais talentosos futuros profissionais às startups.

Razão por que os estágios StartUP Santander Jovem, além da experiência proporcionada, decorrem também sob a supervisão de um orientador a designar pela startup, o qual deverá acompanhar o desenvolvimento do jovem e o cumprimento do respetivo plano de formação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, preside ao Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Centeno pede à Grécia para acelerar no ajustamento

Patrick Drahi lidera grupo Altice. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Concorrência pode levar compra da TVI para investigação aprofundada

Fotografia: Joost de Raeymaeker/LUSA

OIT. Pobreza e precariedade no emprego vão aumentar

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Há 50 vagas de estágio à espera de candidaturas de jovens licenciadas