Campus Santander Universidades

Parceria com a plataforma Design The Future

Captura de ecrã 2017-05-02, às 00.34.39

O Banco Santander Totta é o novo parceiro da Design The Future.

A Design The Future, uma plataforma digital de exploração vocacional, que faz o cruzamento entre as ofertas formativas em Portugal e os perfis e vocações dos alunos, para que possam escolher a melhor opção académica e profissional, em linha com as necessidades do mercado.

A plataforma pretende contribuir para a melhoria do conhecimento dos jovens em relação às profissões existentes no mercado e disponibilizar informação sistematizada sobre as várias opções formativas. Através da página www.designthefuture.pt, reúne informação sobre mais de 3750 cursos (profissionais, superiores, pós-graduações, mestrados, livres e especializações) de 1222 instituições de todo o país. Por outro lado, disponibiliza cerca de 200 vídeos com entrevistas a reconhecidos profissionais de diferentes áreas, onde partilham a sua experiência e o seu dia-a-dia, bem como as motivações que os levaram a escolher a profissão na qual são hoje uma referência.

“A associação do Santander Totta a este projeto foi um passo simples de dar, porque sabemos a importância que esta fase tem na vida dos jovens, sendo fundamental criar instrumentos para orientá-los da melhor forma para a sua vida profissional”, explica Inês Oom de Sousa, administradora do Banco Santander Totta.

A partir de Junho, a Design The Future irá contar com um Motor de Busca Vocacional, que irá permitir aos utilizadores explorar o seu perfil vocacional para que, através da escolha de determinadas variáveis psicológicas, tais como, interesses, competências e motivações, e outras variáveis referentes à sua personalidade, possam encontrar a área e a profissão que melhor se adequa ao seu perfil.

A plataforma é de acesso gratuito e dirige-se a jovens estudantes a partir do 9.º ano de escolaridade, universitários ou com outras opções de formação avançada, mas também a professores, psicólogos e encarregados de educação.

Ana Ribas, psicóloga responsável pelo Serviço de Psicologia e Orientação do Agrupamento de Escolas de Mem Martins, que trabalha com jovens do ensino secundário no âmbito da intervenção vocacional, utiliza a plataforma Design the Future que classifica de “ótimo recurso, facilitador da perceção dos jovens relativamente aos contextos profissionais”.

“Através de vídeos de curta duração, o jovem apercebe-se dos ambientes de trabalho, das interações que se estabelecem, dos instrumentos que se usam, e até de alguns atos profissionais, o que contribui para uma ideia mais objetiva da profissão imaginada”, descreve a profissional.

“Design the future integra profissões com projeção no futuro. Após a motivação despertada pelo vídeo, é possível saber mais lendo informação complementar sobre o acesso à profissão, a qual se nota ter sido elaborada com rigor”, conclui.

A relação com o Ensino Superior continua a ser a grande prioridade da política de Responsabilidade Social Corporativa do Santander Totta que, através do Santander Universidades, colabora atualmente com cerca de 50 instituições de Ensino Superior portuguesas. Em 2016, o Banco investiu 6,8 milhões de euros em atividades relacionadas com responsabilidade corporativa, entre os quais 5,9 milhões diretamente no Ensino Superior em Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
António Mexia, presidente executivo da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Chineses da EDP não abdicam de desblindar estatutos. OPA quase morta

O dia, segunda-feira de Páscoa, prejudicou a concentração dos ex-operários junto à casa-mãe, a Miralago. Fotografia: Tony Dias/Global Imagens

Ex-operários tentam evitar saída de máquinas da Órbita

O secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP), José Abrãao, numa manifestação. Fotografia: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

FESAP. Inspetores do Estado podem ficar 10 anos sem progredir nas carreira

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Parceria com a plataforma Design The Future