Universidade Nova

Aula avançada debateu influência do Islão nas cidades Sírias

Islao

A aula de encerramento da cátedra decorreu a 16 de junho e foi dirigida pelo antropólogo e professor Paulo Hilu Pinto

O modo como o Islão influenciou o tecido urbano nas cidades da Síria, antes da guerra, bem como “o papel das formas de religiosidade sufi na formação de subjetividades religiosas” foram os temas em foco a última aula da Cátedra Santander de Ciências Sociais e Humanas, que decorreu na Universidade Nova no passado dia 16 de junho.

AulaEncerramentoCentrada no tema “Corpo e subjetivação no Islão: uma etnografia do sufismo sírio”, a aula de encerramento da cátedra foi dirigida pelo antropólogo e professor da Universidade Federal Fluminense do Brasil, Paulo Hilu Pinto, que recorreu à análise de material etnográfico reunido entre 1999 e 2010, em Aleppo.

Na sua edição de 2017, a cátedra contou com um ciclo de conferências doutorais dedicadas ao estudo do Médio Oriente, sob o título Islam, Arabs, Europe. Current debates and new approaches. Tema que surgiu por proposta do Centro em Rede de Investigação em Antropologia e do Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, na sequência do convénio estabelecido entre o Santander Totta e esta faculdade.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fiadores tendem a ser idosos

Pensões sobem em janeiro entre 0,8% e 1,5%, com mínimo de 6 euros

Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Valor máximo do subsídio de desemprego sobe 16 euros em 2019

José Neves, CEO da Farfetch. Fotografia:  REUTERS/Toby Melville

Farfetch compra empresa de calçado desportivo por 250 milhões

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Aula avançada debateu influência do Islão nas cidades Sírias