concurso

Detotox vence Polieempreende regional e vai à final nacional

O júri reuniu esta semana no Instituto Politécnico de Castelo Branco. FOTO: Wikimedia Commons
O júri reuniu esta semana no Instituto Politécnico de Castelo Branco. FOTO: Wikimedia Commons

Equipa que desenvolveu o Detotox ganhou 2.000 euros e vai representar o Politécnico de Castelo Branco na final, em setembro

– O projeto Detotox, um equipamento concebido para melhorar a atual técnica de dosear metais pesados em laboratório, foi o grande vencedor do 14º Concurso Regional Poliempreende da Beira Baixa. O júri reuniu esta semana no Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) e elegeu as três mais empreendedoras ideias de negócio apresentadas pelos alunos de escolas da região.

O 1º prémio do concurso valeu à equipa que o concebeu – quatro alunas da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, Diana Monteiro, Mariana Mourão, Mariana Serra e Vanessa Pinto – 2.000 euros e o bilhete de ida, em representação do IPCB, à final do Poliempreende Nacional, que decorrerá em setembro no Instituto Politécnico de Bragança.

O 2º prémio, no valor de 1.500 euros, foi atribuído ao projeto LOAE – Localizador de artigos essenciais, da autoria de Jéssica Caetano, da Escola Superior Agrária. O SALI – Sistema de Apoio a Lares de Idosos, apresentado por Alexandra Castiço e Bruno Ferreira, da Escola Superior de Tecnologia, conquistou o 3º prémio, no valor de 1.000 euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(DR)

CGD ainda é dos bancos com mais crédito concedido para compra de ações

Fotografia: Jorge Amaral/Global Imagens

Um terço das empresas não pagou impostos. Mais de mil pagaram AIMI

(Carlos Santos/Global Imagens)

Sindicato e operadores com acordo que pode terminar conflito no porto de Setúbal

Outros conteúdos GMG
Detotox vence Polieempreende regional e vai à final nacional