Bolsas de estudo

Propinas pagas para os 30 melhores alunos admitidos na Nova SBE

FOTO: Global Imagens
FOTO: Global Imagens

Santander Totta lança este ano 30 bolsas de excelência que tornam gratuito o 1.º ano de licenciatura dos melhores caloiros da Nova SBE

– A partir de agora e até 2022, os 30 caloiros com melhor média de admissão aos cursos de Gestão e Economia da Nova – School of Business and Economics (SBE) não vão ter de pagar as propinas do seu primeiro ano de licenciatura. Tudo porque o Banco Santander Totta decidiu, no âmbito da sua parceria com esta universidade, premiar a excelência daqueles que agora iniciam a sua vida académica nesta instituição.

As 30 Bolsas Nova SBE – Santander Totta Excelência começam, portanto, já este ano letivo e está previsto que se mantenham nos próximos cinco. Este ano, tal como nos quatro seguintes, os alunos premiados serão informados do facto de terem merecido estas bolsas em setembro, no momento em que lhes é comunicado terem sido aceites na licenciatura.

“Ficamos muito satisfeitos por, no âmbito no nosso acordo de mecenato, podermos também premiar os melhores alunos à entrada da Universidade”, afirmou Inês Oom de Sousa, administradora do Banco Santander Totta. A responsável referia-se assim ao facto de este banco já premiar aqueles que estão prestes a terminar o curso e preparam a sua entrada no mercado de trabalho, com o seu programa Nova SBE Fellowship for Excellence – que garante o financiamento direto de alunos com um desempenho académico de excelência dispostos a lançar projetos que contribuam para o desenvolvimento da sociedade. “Agora, também os estudantes de mérito excecional que acabam de entrar” na universidade são premiados, sublinhou Inês Oom de Sousa, acrescentando que com a instituição destas bolsas fecha-se “um ciclo virtuoso” no apoio mecenático do Santander à Nova SBE.

Daniel Traça, professor e reitor da Nova SBE, realçou a satisfação da universidade com a aliança criada com o Santander Totta. “Esta parceria reforça o nosso esforço de aproximar a comunidade da Nova SBE – antigos alunos, parceiros, professores, staff – e sociedade, para que todos juntos ajudemos estas novas gerações a alavancarem e a desenvolver o seu potencial”, disse. Um potencial que este professor espera que “tenha impacto” no futuro dos estudantes Nova, na sociedade e no mundo.

A parceria entre o Santander Totta e a Nova SBE é bastante mais vasta. O banco é também parceiro-fundador do Campus Universitário de Carcavelos, que deverá entrar em funcionamento já no próximo ano letivo, onde “a ala Santander Totta Hall privilegiará o ambiente de estudo, ensino e investigação”. E, além das bolsas e programa já referidos, um convénio de mecenato recente entre ambas as instituições passou a permitir que alunos, docentes e investigadores acedam às bolsas de mobilidade internacional do Programa Santander Universidades – que proporcionam todos os anos, a centenas de alunos, a oportunidade de intercâmbio em países do espaço ibero-americano.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens

Turismo vale 16% da atividade económica portuguesa

Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Défice público cai 59% até ao final de outubro

Marco Schroeder

Marco Schroeder renuncia a cargo de CEO da Oi

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Propinas pagas para os 30 melhores alunos admitidos na Nova SBE