10 coisas proibidas para criar um bom currículo e conseguir emprego

ng3106261

Arranjar emprego está cada vez mais difícil. A concorrência é feroz e quando toca a responder a um anúncio é preciso ter um currículo bem elaborado. Por isso, todos os cuidados são poucos.

Neste sentido, a Society for Human Resource Management indica 10 erros que deve evitar, dando conselhos:

1. Não incluir dados pessoais.

Parece óbvio, mas convém reforçar que o candidato não deve incluir no seu CV foto (88% dos candidatos são rejeitados quando apresentam foto), data de nascimento, género, orientação sexual, religião o filiação política. Só assim pode evitar qualquer tipo de discriminação.

2. Não escrever um texto pobre ou com erros gramaticais.

Segundo vários recrutadores, 50% dos CV trazem erros, sobretudo dos candidatos entre os 21 e 25 anos. Para evitar esta situação, use corretor ortográfico e recorra a uma amigo ou familiar para lhe dar opinião.

3. Evite incluir informação irrelevante.

É uma tentação criar um CV extenso, mas há o perigo de o excesso de funções aniquilar a informação que realmente importa. Por isso, leia com atenção o anúncio de emprego e pense bem na informação que vai usar no CV. Para o ajudar faça uma lista de palavras e frases-chave para focá-lo. Cerca de 18 semanas é a média de tempo que leva um recrutador a escolher o CV ideal. Imagine se o currículo é fraco!

4. Não escreva o que gosta de fazer nos tempos livres.

Está provado que a maioria dos empregadores não quer saber se você faz coleção de conchinhas do mar ou de isqueiros coloridos. A exceção vai para as profissões cujo o hobbie tem diretamente a ver com o emprego.

5. Não incluir endereço de email ‘pessoalíssimo‘.

Está proibido de incluir o endereço de email que um dia criou por brincadeira e ficou com nome engraçado. É pouco profissional. Estudos provam que 76% dos CV com este género de email são recusados.

Siga a página do Dinheiro Vivo no Facebook e a nossa página de Emprego e receba diariamente ofertas de emprego

6. Não seja negativo.

É importante que o seu CV tenha uma linguagem positiva. Neste sentido, evite palavras como “horrível”, “mau”, falha”, “ódio”, “erro”, “nada” ou “problema”. As redes sociais também estão na mira dos recrutadores: saiba que 92% dos empregadores rejeita CV de candidatos com comentários negativos neste meio de comunicação.

7. Não mentir.

É uma tentação “dourar a pílula” no CV. Porém, evite exagerar, pois mais à frente poderá pagar caro. O empregador, que leva cerca de 8 minutos a analisar um CV, irá perceber que mentiu. Segundo questionário da Society for Human Resource Management, 73,5% dos candidatos dizem nunca ter mentido no CV, 12,9% diz “não, mas pensou nisso”, 4,1% assume “sim, uma vez” e 9,1% diz que mentiu vários vezes.

8. Evite o excesso de papel.

Uma página de CV é o suficiente, duas é exibicionismo. Além de que transmite ao empregador a ideia de que você não sabe distinguir a informação essencial da acessória.

9. Não seja demasiado criativo no seu CV.

Mantenha o seu CV o mais profissional possível, usando para isso um tipo de letra simples, mas clássico, como a Georgia ou Helvética. Use sublinhados, bolds ou itálico quando necessário e justifique o texto para facilitar a leitura. Mas evite, a todo o custo, a inclusão de letra manuscrita, cores berrantes ou ícones de clip art.

10. Não use jargões.

Clichés ou frases feitas sem conteúdo também devem ser evitadas. Como o caso desta: “sou uma pessoas extremamente inovadora, empreendedora, que gosta de pensar e agir fora da box.” Saiba que 54% dos empregadores irritam-se com a frequência com que encontram estas “pérolas” nos CV. Em vez disso, use exemplos com factos e números para mostrar que é o candidato ideal. E boa sorte!

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira (E), e a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D). Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo deixa cair referencial geral para aumento de salários

Elisa Ferreira, António Costa. Fotografia: Álvaro Isidoro/Global Imagens

Elisa Ferreira. Minas de lítio têm de “compensar impacto ambiental”

Iberdrola

Iberdrola investe 200 milhões em projetos eólicos no Alto Tâmega

10 coisas proibidas para criar um bom currículo e conseguir emprego