3 sites para aprender línguas sem pagar

Inglês e espanhol são as mais pedidas
Inglês e espanhol são as mais pedidas

@page { margin: 2cm }
P { margin-bottom: 0.21cm }

Nunca aprender uma língua foi tão
necessário…e tão fácil. Para além dos inúmeros institutos de
línguas que existem espalhados pelo país, existem vários sites que
permitem aprender idiomas (ou aperfeiçoá-los) de forma gratuita e
confortável. Mais valias para o emprego e para o aperfeiçoamento profissional.

O Livemocha é um site que
disponibiliza cursos de vários graus de dificuldade. O site combina
cursos gratuitos e pagos e tem ainda pequenos laivos de rede social.
Podem apresender-se variados itens da língua em questão e pode
trocar-se ideias com pessoas que estejam exactamente na mesma
situação, e praticar o idioma que se está a aprender. Nesta
plataforma os alunos podem ajudar-se mutuamente, corrigir exercícios,
ajudar e pedir ajuda.

O Memrise foi criado por um campeão de
memorização. O autor quis passar para o plano virtual aquilo que já
fazia na sua vida particular. O Memrise é dirigido a pessoas que já
têm algum conhecimento de uma língua estrangeira e pretendem
melhorar seu vocabulário. Tal como a Exame refere, entre os idiomas
mais populares estão o inglês, espanhol, chinês, francês e
alemão, mas a lista é ampla.

O Deutsche Welle é, como o nome
indica, um site dedicado a quem quer aprender alemão. O programa de
formação de idiomas está incluído no canal de televisão estatal
do país. O inglês é aqui sem dúvida fundamental. As lições
incluem exercícios escritos e falados e contam com vários vídeos e
fotografias para auxiliar o ensino.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

7º aniversário do Dinheiro Vivo: Conferência - Sucesso Made in Portugal. 
Pedro Siza Vieira, Ministro da Economia
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Made from Portugal: desafio para os próximos 7 anos

Lisboa, 11/12/2018 - 7º aniversário do Dinheiro Vivo : Conferência - Sucesso Made in Portugal, esta manhã a decorrer no Centro Cultural de Belém.
Rosália Amorim, Directora do Dinheiro Vivo; Antonoaldo Neves, CEO da TAP; João Carreira, Co-fundador e Chairman da Critical Software; Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova; João Miranda, CEO da Frulact; Rafic Daud, Co-fundador e CEO da Undandy; Helder Dias, VP of Engeneering da Farfetch 
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Um unicórnio na China, papel higiénico sexy e patê de algas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
3 sites para aprender línguas sem pagar