confiança laboral

54% dos portugueses considera que o mercado de trabalho está estável

A maioria dos inquiridos pela consultora Michael Page está otimista.

Os portugueses andam otimistas e o emprego é cada vez menos assunto de preocupação. Pelo menos para a maioria que vê o copo meio cheio. Segundo um estudo da Michael Page, que analisa o índice de confiança laboral dos seus candidatos, 53,4% mostra-se positivo quanto às condições de trabalho.
Um número superior, 60,3%, acredita que o mercado de trabalho vai melhorar nos próximos seis meses. Para 54% dos profissionais, a atual situação laboral é positiva. Ainda assim, e comparando com o anterior índice laboral apresentado pela consultora, há o registo de uma ligeira descida nos níveis de confiança dos candidatos.
“No segundo trimestre de 2018 os candidatos da Michael Page que responderam ao Índice de Confiança Laboral apresentaram uma ligeira redução na confiança, de 3 pontos face ao primeiro trimestre de 2018, decrescendo de 57% para 54%. Não encaramos esta redução como algo significativo, uma vez que acreditamos tratar-se apenas de uma ligeira flutuação, comum e natural neste tipo de pesquisa. Mais de metade dos profissionais que se candidataram às ofertas da Michael Page continuaram a apresentar níveis de confiança elevados, sendo que é sempre natural ocorrerem ligeiras alterações de trimestre para trimestre. Para a Michael Page, estes são valores assentes na perspetiva e na experiência pessoal dos indivíduos e Portugal continua numa fase de grande dinamismo económico, transversal à maioria dos setores de atividade”, explica ao Dinheiro Vivo fonte oficial da Michael Page.
Também a longo prazo as perspetivas dos inquiridos são otimistas. 67% sente-se confiante sobre o desenvolvimento de novas competências nos próximos 12 meses e 54,5% na execução de novas funções. Os dados revelam ainda que 51,9% dos candidatos da Michael Page estão confiantes em encontrar um emprego no próximo ano e 47% espera uma promoção na carreira.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Partido Social Democrata, Rui Rio. JOSÉ COELHO/LUSA

Rui Rio vai propor ao PSD que chumbe o orçamento

Amoreira Óbidos

Espanha desapareceu do mapa e França descobriu o velho oeste português

António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

EDP quer exportar tecnologia do maior parque eólico flutuante do mundo

Outros conteúdos GMG
54% dos portugueses considera que o mercado de trabalho está estável