Telecomunicações

Anacom está a contratar para várias direções

Foto: DR
Foto: DR

As contratações estão a ser feitas no âmbito de uma nova estrutura organizacional do regulador. Candidaturas decorrem 31 de outubro

A Anacom está a contratar para várias direções do regulador de telecomunicações, desde a regulação à área da comunicação, no âmbito a implementação de uma nova estrutura organizacional. Os interessados têm até 31 de outubro para fazer a sua candidatura.

No site do regulador liderado por João Cadete Matos estão listadas as 12 vagas em aberto. A Anacom procura um diretor geral de regulação, bem como um de Informação e Inovação, de Gestão de Pessoas e Recursos Financeiros e um de Supervisão.

O regulador das telecomunicações procura ainda um diretor para o Gabinete de Contencioso; outro para o Gabinete de Apoio ao Conselho de Administração, para o Gabinete Auditoria Interna, para o Gabinete de Comunicação; para o Gabinete de Relações Externas e Desenvolvimento; bem como para as delegações dos Açores, Madeira e Porto.

O perfil pretendido para os cargos está disponível online. “Independentemente do canal de comunicação em que os anúncios se encontrem publicados, os candidatos terão obrigatoriamente que enviar e formalizar a sua candidatura através do endereço de email selecao.anacom@humanpersi.pt, indicando a referência(s) da(s) função(s) a que se candidatam, bem como toda a documentação e informação referenciada em cada processo concursal”, informa a Anacom.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

O deputado do Partido Social Democrata (PSD) Ricardo Batista Leite. (RODRIGO ANTUNES/LUSA)

PSD quer transferir reuniões do Infarmed para o parlamento

Anacom está a contratar para várias direções