As piores profissões de 2015 são…

Bombeiros estão a receber ofertas de várias instituições
CareerCast, há empregos de sonho entre as piores profissões de 2015. Os jornalistas são um desses casos. Já as melhores profissões podem ser conferidas aqui."> Bombeiros estão a receber ofertas de várias instituições

Quando não é possível ter a profissão de sonho, há que se sujeitar. Ou talvez não, já que de acordo com o site de classificados de emprego CareerCast, há empregos de sonho entre as piores profissões de 2015. Os jornalistas são um desses casos. Já as melhores profissões podem ser conferidas aqui.

Assim, a abrir a lista das piores profissões de 2015 estão, com base nos critério que pode consultar aqui:

1. Jornalista de imprensa (737 pontos) – A fuga dos leitores para os meios digitais tem mergulhado a jornais e revistas em papel numa crise, provocada pela quebra das receitas das vendas em banca e da publicidade. Muitos meios têm apostado no online, na esperança de recuperar leitores e receitas, mas a incerteza persiste. Remuneração de 33.267 dólares (34 mil euros)/ano.

2. Lenhador (716 pontos) – É uma profissão arriscada, pois o trabalhador está no campo em relativo isolamento. Além de que é uma profissão que depende de outros setores, como a construção que tem estado em crise nos últimos dez anos. Remuneração de 34.110 (32 mil euros).

3. Militar no ativo (687 pontos) – Alistamento nas Forças Armadas dos EUA requer determinação e dedicação, maior daquela que é exigida na maioria das profissões. É uma profissão perigosa e que acarreta muito stress. Remuneração de 44.284 dólares (41,3 mil euros).

4. Cozinheiro (659 pontos) – Apesar do glamour que chefs como Gordon Ramsay ou José Avillez atribuem à profissão, ela consta na lista das piores do mundo. A pressão dos pedidos na cozinha, onde as regras têm de ser escrupulosamente cumpridas como num campo de guerra, associada ao calor são os ingredientes. A remuneração anda nos 42.208 dólares (39,3 mil euros).

5. Locutor de rádio ou televisão (658 pontos) – Tal como na imprensa, também estes meios enfrentam dificuldades financeiras, que afetam inevitavelmente os seus profissionais. Remuneração anda nos 29.347 (27,4 mil euros).

6. Fotojornalista (656 pontos) – A vontade de ter “a” foto do momento, coloca muitas vezes estes profissionais em risco, uma vez que vão para situações de guerra e conflito. E para quê? O prémio parece ser a grande compensação, uma vez que, tal como os jornalistas e locutores de rádio e TV, esta profissão é afetada pela situação delicada que os meios de comunicação social atravessam. Ganham 29.267 dólares (27,3 mil euros).

7. Corretor financeiro (642 pontos) – Como depende dos negócios que angaria, tem um risco e uma pressão constante. Só quem gosta muito é capaz de aguentar. Pode ganhar, de base, 39.163 dólares (36,5 mil euros).

8. Taxista (638 pontos) – Profissional pouco reconhecimento social. Associado a isto, há todo o stress que advém de ter de lidar com clientes mal-educados, alcoolizados ou sob o efeito de drogas. Par não falar nos criminosos que os têm como alvo. Mais recentemente enfrentam a concorrência de serviços mais inovadores, como o Uber. Não ganham mais de 20 mil dólares ano (18,6 mil euros).

9. Bombeiro (639 pontos) – Parece evidente os perigos e stress que esta profissão gera. Só mesmo a vocação ou a vontade de concretizar um sonho de menino pode levar uma pessoa a sujeitar-se a tudo isto e a ganhar apenas 45.264 dólares (42,2 mil euros).

10. Carteiro (626 pontos) – Vítimas dos emails e SMS, estes profissionais são cada vez mais raros. A contratação de carteiros tem sofrido um declínio constante, estimando-se que esta seja a profissão com piores perspetivas dos próximos dez anos. Ganham 41.068 dólares (38,3 mil euros).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: ANTÓNIO CARRAPATO/LUSA

Maior credor de Portugal:juros baixos são temporários em países com rating fraco

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: ANTÓNIO CARRAPATO/LUSA

Maior credor de Portugal:juros baixos são temporários em países com rating fraco

Bolacha - Última hora-05

Funcionários do SEF, Fisco e Segurança Social detidos em megaoperação da PJ

Outros conteúdos GMG
As piores profissões de 2015 são…