Selectiva Moda

Camisas de homem: Sabe em que modelos deve investir?

ng4005364

O vestuário masculino não é tão diversificado, pelo que os homens não têm tantas peças com que se preocupar. Contudo, uma das queixas mais frequentes, por parte das empresas, é os seus colaboradores usarem roupa manchada e amarrotada, ou apresentarem uma higiene pessoal negligente (cheiro a transpiração), passando uma imagem de desleixo e pouco profissionalismo.

Não se esqueça que a sua reputação pode ser afectada por pequenos detalhes. Por isso, tenha sempre uma camisa extra no escritório, para o caso de ser necessário.

1. O tamanho e o corte ideal da camisa

Na hora de comprar uma camisa, tenha em conta as medidas do seu pescoço, dos braços e dos ombros, de forma a que esta assente bem no corpo e não fique muito apertada ou larga. As camisas slim são mais modernas e favorecem os homens mais magros e baixos, pelo que é preciso ter atenção ao tipo de corpo quando escolher o modelo. O comprimento também é importante para evitar que a camisa se solte das calças.

2. Os materiais e as condições de lavagem

Verifique ainda as instruções de lavagem e a qualidade do tecido na etiqueta, assim como os acabamentos e os botões. As camisas em Algodão Egípcio, uma matéria-prima de qualidade, garantem uma maior durabilidade, maciez e conforto. Os tecidos de fibras naturais (como o algodão e o linho) facilitam e não absorvem a transpiração, sendo também mais frescas, porém vincam com maior facilidade.

As camisas com tecnologia Non-Iron são muito práticas, já que não amarrotam e basta tirar da máquina de lavar roupa, pendurar direita no cabide e deixar secar, não necessitando depois de passar a ferro. Pode encontrar estes modelos à venda em marcas como a Banana Republic, Books Brothers, Calvin Klein ou Ralph Lauren, entre outras.

3. Camisas feitas à medida

Para quem tem características físicas que não se adaptam às medidas padrão do pronto-a-vestir, como é o caso de braços muito longos, pescoço largo ou ombros estreitos e barriga, a solução ideal poderá ser recorrer ao serviço de camisas à medida. Em Portugal, existem marcas como a Bgentleman, Shirtbyhand, Camisaria à Medida El Corte Inglés, Slägen & Zonen e Su Misura, que confeccionam as peças à medida do cliente. Em alguns casos, deslocam-se ao escritório ou a casa para tirar as medidas, mediante uma marcação prévia, sendo as camisas depois entregues na morada que o cliente desejar. Os preços variam de 70 a 130 euros, de acordo com o modelo e os materiais escolhidos.

4. As medidas das mangas e do colarinho

O colarinho e as mangas da camisa devem estar pelo menos um centímetro fora do casaco. Se as mangas forem demasiado longas recorra a um alfaiate. A altura certa da manga do casaco é na zona do osso do pulso, cerca de um centímetro acima da manga da camisa, e esta não deve esconder a camisa. Embora tenham caído em desuso, os botões de punho são um detalhe elegante e distinto, que pode usar em ocasiões especiais. Para uma imagem mais harmoniosa, tente igualar o comprimento da manga do casaco, em relação à manga camisa, com a quantidade de colarinho que está visível na parte de trás do pescoço.

5. O melhor tipo de colarinho

Os colarinhos de camisa mais frequentes são o francês, o inglês, o italiano, o americano e o curto. A sua escolha depende do tipo de corpo e largura do pescoço, mas também da ocasião.

O colarinho francês é o mais básico e combina com todos os tipos de nós de gravata e de rosto, sendo indicado para usar com a camisa e o fato, mas não com smoking. Semi-aberto é adequado para os homens com rosto oval, uma vez que o seu formato equilibra este tipo de rosto.

O colarinho inglês apresenta as pontas mais longas e fechadas. O nó ideal deve ser maior, mas sem muito volume, mas esta camisa pode ser usada sem gravata. Como as linhas rectas estão em evidência, deve ser evitado por homens com o rosto fino, sendo uma óptima aposta para quem tem o rosto redondo.

Com as pontas mais curtas e abertas, o colarinho italiano é mais formal e ideal para usar com o fato. Prefira gravatas com nó grande para preencher o espaço de abertura do colarinho. É aconselhado para os homens com o rosto mais fino e longo, uma vez que valoriza a zona do pescoço, sendo perfeito para quem gosta de camisas mais ajustadas e um visual mais moderno.

O colarinho americano tem botões nas pontas e favorece o rosto pequeno. É o mais informal, sendo recomendado para camisas mais leves e casuais.

O colarinho mais curto e com as pontas “quebradas” é o mais sofisticado e elegante, próprio para usar com smoking ou fato escuro. Assenta melhor com um nó mais estreito e gravata borboleta (laço).

6. Quais as cores e os padrões em que deve investir

Tenha pelo menos uma camisa branca, com um bom corte e material – um básico de guarda-roupa – pois combina com tudo. Além disso, invista numa camisa azul clara e em várias tonalidades de azul, pois são simples de conjugar. As camisas de cores claras (como o lavanda e o rosa) ou os padrões de pequena dimensão (riscas finas, espinha de peixe ou xadrez Vichy) são os mais indicados para um ambiente profissional mais formal. Os tons escuros ou as cores mais fortes e marcantes são mais difíceis de combinar, pelo que deve ter estas peças em menor quantidade no seu guarda-roupa.

Se pretende uma aposta segura, invista em cores discretas e padrões pequenos, para combinar com diferentes materiais, texturas e cores. De qualquer modo, as camisas lisas devem constituir a base do seu guarda-roupa, pois são mais versáteis. Muitas camisas brancas são feitas em tecidos semi-transparentes, o que deve evitar, sobretudo se tiver um peito peludo.

7. As camisolas interiores

Com decote em V, de manga curta ou de alças, as camisolas interiores devem ser de tecidos finos e leves para não se notarem, por isso evite camisas com tecidos muito finos, que deixem transparecer a parte de baixo. Esta peça pode ser muito útil para o tempo frio, mas também para quem transpira muito (absorve o suor e evita as manchas na camisa) ou, ainda, para quem tem muitos pelos na zona do peito, pois ajuda a disfarçar este problema.

Existem marcas como a Uniqlo (www.uniqlo.com), que têm camisolas interiores com a tecnologia AIRism, que seca rapidamente a transpiração, além de controlar e neutraliza o odor. O modelo Spanx para homens (www.spanx.com), que é feito num material modelador, ajuda a melhorar a postura, a disfarçar a barriga e torna o peito mais firme, pelo que pode ser uma boa aposta para quem tem peso a mais.

8. O que deve evitar num ambiente profissional mais formal

Não use camisas de manga curta no trabalho, sobretudo com um fato. Neste caso, opte por camisas polo, que são mais informais, mas apenas na casual friday. Evite, ainda, colarinhos extravagantes, padrões demasiado chamativos ou informais (camuflado e tropicais), tecidos acetinados ou com brilho e camisas de xadrez grande (que são mais indicadas para um look casual).

*Consultora de Comunicação e Imagem, In Styleland – Image and Communication Consulting

Blogue: www.instyleland.com

Facebook: https://www.facebook.com/InStyleland

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa

Casas estão mais caras em todo o país. Grandes subidas chegam às periferias

Mario Draghi. Fotografia: BCE

Draghi afasta cenário de nova recessão até 2020 pelo menos

O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves, e  o presidente do conselho de administração, Miguel Frasquilho. FOTOGRAFIA: Tiago Petinga/Lusa

TAP foca estratégia de crescimento na América do Norte

Outros conteúdos GMG
Camisas de homem: Sabe em que modelos deve investir?